Seguir o O MINHO

Braga

António Costa vem a Braga conhecer investigações entre a Bosch e UMinho

Evento tecnológico no Altice Forum

em

António Costa recebe Angela Merkel na Bosch, em Braga. Foto: CM Braga / Divulgação (Arquivo)

O primeiro-ministro, António Costa participa, terça-feira, dia 9, no Forum Altice em Braga, num evento de apresentação de resultados da investigação conjunta realizada pela Bosch e pela Universidade do Minho nos domínios da condução autónoma e transformação digital. Ao todo, há mais de 70 patentes resultantes dos projetos de inovação, entre as partes, desde 2013.

Fonte ligada ao processo disse a O MINHO que o governante intervém no seminário de abertura do evento de divulgação pública de resultados da parceria de inovação, bem como resultados das empresas do Clube de Fornecedores da Bosch.

Na mesa redonda, falar-se-á, ainda, sobre a aposta de Portugal e da indústria na inovação e impacto na competitividade, atratividade para projetos de alto valor acrescentado e criação de conhecimento crítico.

São oradores: Carlos Ribas, responsável da Bosch em Portugal; Rui Vieira de Castro, reitor da Universidade do Minho; Luis Castro Henriques, presidente da AICEP; António Cunha, presidente da CCDR-N; e Fernando Alexandre, professor e investigador UMinho e coordenador do estudo sobre financiamento e grandes impactos para as instituições e sociedade.

Mostra de tecnologias

Em paralelo, a estrutura municipal acolhe uma exibição de tecnologias, casos do «V2X Communication»– Comunicação entre veículos, pessoas e infraestruturas; Connected 2Wheelers – Maior conectividade, segurança e eficiência nos veículos de duas rodas; e Intelligent Cockpit – O interior do veículo capaz de responder a todas as necessidades dos seus ocupantes de forma rápida e segura.

Envolve, também, projetos como o «Occupant Emotional Monitoring»– Monitorização de comportamentos violentos, de vandalismo, ou até situações de emergência de saúde, e «In-vehicle Sensors» – Inclusão de sensores capazes de recolher informação valiosa para que o veículo seja capaz de aprender com a experiência, e «Lidar»- Sensores para a condução autónoma.

“Em Portugal, estes projetos desdobram-se entre a empresa e as universidades para dar resposta aos desafios em áreas como a da mobilidade inteligente, casas inteligentes, cidades seguras e indústria 4.0”, sublinha a organização.

3.280 investigadores

Esta unidade, que conta com 3280 colaboradores é também uma das maiores contribuidoras para os resultados registados pela Bosch em Portugal, tendo atingido os 1.000 milhões de euros em vendas em 2017, graças aos mais de 50 fabricantes automóvel que recorrem à Bosch Car Multimedia para o fornecimento dos mais variados componentes. Os produtos que saem desta instalação são fornecidos a clientes nomeadamente na Europa.

Populares