Seguir o O MINHO

Desporto

Ana Rodrigues, Diana Durães, Tamila Holub e João Costa convocados para os Europeus

Natação

em

Diana Durães. Foto: DR / Arquivo

Ana Rodrigues (ED Viana), Diana Durães (de Fafe, ao serviço do Benfica), Tamila Holub (SC Braga) e João Costa (Vitória SC) estão convocados para os Europeus da natação, que começam na quinta-feira em Roma. A formação lusa parte com o objetivo de que os 10 representantes na natação pura “consigam passar pelo menos uma fase”, o que significa presença em finais ou semifinais.

“No grupo de 10 nadadores que vão participar, há a forte expetativa de que todos consigam nadar à tarde, ou seja, que passem pelo menos uma fase nas suas provas principais”, disse o diretor desportivo da Federação Portuguesa de Natação (FPN), à agência Lusa.

José Machado explicou que em “alguns casos este objetivo significa chegar às finais, e noutros às meias-finais”, o que depende do número de inscritos.

O responsável da FPN lembrou que os Europeus, que decorrem entre quinta-feira e dia 21, e nos quais Portugal estará representado também nas águas abertas e na natação artística, “são a grande aposta da época”.

A competição, que reunirá mais de 1.500 atletas, de 52 países, acontece menos de dois meses depois dos Mundiais, disputados em Budapeste, que foram anunciados pela Federação Internacional de Natação (FINA) apenas no início deste ano, após sucessivos adiamentos devido à pandemia de covid-19.

O diretor desportivo da FPN referiu que na natação pura, cujas provas decorrem no Foro Itálico, entre quinta-feira e 17 de agosto, “há um conjunto de nadadores portugueses com boas marcas”, nomeadamente Camila Rebelo (200 metros costas), Ana Catarina Monteiro (200 mariposa), João Costa (100 costas) e Diogo Ribeiro (50 mariposa).

José Machado afirmou que, na sua melhor prova, estes nadadores “deverão estar nos 16 primeiros do ‘ranking’”, lembrando que a regra de dois nadadores por país nas finais pode ser benéfica para Portugal.

Nas competições de águas abertas, que se disputam entre 17 e 21 de agosto, no Lido di Ostia, a representação portuguesa está a cargo de Tiago Campos, Diogo Cardoso, Angélica André, e Mafalda Rosa, que marcaram presença nos Mundiais, nos quais obtiveram resultados bastante positivos.

“Em termos qualitativos, ambicionamos uma prestação o mais próxima possível da dos Mundiais, a fasquia está muito elevada”, afirmou José Machado, lembrando que Angélica André foi sétima nos Mundiais, e Mafalda Rosa 12.ª, obtendo as melhor classificações lusas de sempre na modalidade.

O dueto formado por Cheila Vieira e Maria Beatriz Gonçalves vai representar Portugal na natação artística, cuja competição decorrerá entre quinta-feira e 15 de agosto, com foco no objetivo de “conseguir resultados que mantenham viva a esperança de acesso aos Jogos Olímpicos”.

Nos Mundiais de Budapeste, Cheila Vieira e Maria Beatriz Gonçalves terminaram na 16.ª posição a prova de dueto livre, alcançando 79.333 pontos, o melhor resultado de sempre da natação artística lusa na competição.

Em 2019, nos Mundiais disputados em Gwangju, na Coreia do Sul, o dueto português concluiu a prova na 31.ª posição, e em maio passado obteve o 14.º lugar nos Europeus, a melhor classificação de sempre em provas internacionais.

Lista dos nadadores convocados para os Europeus

– Natação pura:

Ana Catarina Monteiro (CF Vilacondense) – 100 e 200 metros mariposa.

Ana Rodrigues (ED Viana) – 50 e 100 metros bruços.

Camila Rebelo (A. Louzan Natação) – 50, 100 e 200 metros costas.

Diana Durães (Benfica) – 800 e 1.500 metros livres.

Tamila Holub (SC Braga) – 800 e 1.500 metros livres.

Rafaela Azevedo (Algés e Dafundo) – 50 e 100 metros costas.

Diogo Matos Ribeiro (Benfica) – 50 e 100 metros livres, 50 e 100 metros mariposa.

Francisco Santos (Sporting) – 50, 100 e 200 metros costas.

João Costa (Vitória SC) – 50, 100 e 200 metros.

Gabriel José Lopes (A. Louzan Natação) – 200 metros bruços e 200 metros estilos.

EM FOCO

Populares