Seguir o O MINHO

Futebol

Ameaças por telemóvel levam António Salvador a mudar de número

Após a final da Taça da Liga

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

Após a final da Taça da Liga, em que o Sporting venceu o SC Braga por 1-0, o presidente dos ‘arsenalistas’ foi alvo de inúmeras ameaças por telemóvel e viu-se mesmo obrigado a mudar de número, avança o Jornal de Notícias (JN).

Segundo aquele jornal, António Salvador recebeu diversos telefonemas anónimos com insultos à mistura e até foi adicionado a grupos de WhatsApp onde também viu a família ser ameaçada.

A situação levou o presidente do SC Braga a decidir mudar de número e, acrescenta o JN, identificou os números dos quais sofreu ameaças e injúrias e apresentou queixa na polícia.

Salvador e Varandas ‘pegaram-se’ e só a polícia os separou

Recorde-se que, no final do jogo, os presidentes do Braga e Sporting envolveram-se num ‘bate-boca’, trocando acusações “severas”, envolvendo ainda Rui Casaca. Segundo a Antena 1, foi necessária a intervenção da polícia para colocar ‘ponto final’ na discussão entre dirigentes.

Em conferência de imprensa, António Salvador criticou uma decisão da equipa de arbitragem na final da Taça da Liga de futebol que, defendeu, influenciou a vitória (1-0) e a conquista do troféu pelo Sporting, em Leiria.

“Sabíamos que o jogo se iria decidir nos detalhes. Pena é que o jogo fosse decidido num detalhe, não pelos 11 jogadores que estiveram de cada lado, mas por uma decisão de uma outra equipa que estava em campo”, disse António Salvador, referindo-se ao lance do golo do espanhol Pedro Porro, aos 41 minutos.

“É com satisfação que os vejo a vibrar. Sentem-se pequenos ao lado do Braga”

O presidente do SC Braga lançou ainda ‘farpas’ ao Sporting: “É com grande satisfação que vejo o Sporting vibrar tanto, tanto, tanto com as vitórias sobre o Sporting Clube de Braga. Sinal de que às vezes eles sentem-se pequenos ao lado do nosso clube”.

Populares