Seguir o O MINHO

Fotografias

IPVC: Alunos de Viana criam bonecos de Natal em 3D e oferecem a crianças

Desafio foi lançado por Instituição de Solidariedade Social de Vila Praia de Âncora.

em

O desafio foi lançado aos alunos do 3.º ano do curso de licenciatura em Design do Produto, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viana do Castelo (ESTG), do Instituto Politécnico de Viana do Castelo – IPVC, no âmbito da Unidade Curricular de Design e Comunicação do Produto, pelos dirigentes do Patronato Nossa Senhora da Bonança, Instituição de Solidariedade Social de Vila Praia de Âncora, e, prontamente aceite pela docente Patrícia Vieira, para recriar um conjunto de personagens tridimensionais alusivas à quadra de Natal.

Segundo revela o IPVC, aquele projeto tinha como finalidade a venda das personagens criadas pelos estudantes e cuja receita reverteria para a Instituição, mas, no final, os bonecos acabaram por ser oferecidos às crianças daquela instituição.

Autores: Sara Dantas, Vanessa Lima e Patrícia Vasques

Autores: Ana Faria e Marco Silva

Autores: Ana Tavares, Ennio Feliziola, Giulia Patellario e Matilde Silva

Autores: Ana Tavares, Raquel Martins e Paulo Meneses

Autor: Fátima Costa

Autores: Hélder Correia, Emanuela Crapa e Tatiana Machado

Autor: Joana Miranda

Autores: João Brito e António Campos

“Este projeto foi inicialmente proposto para ser comercializado pela referida instituição, como forma de angariar fundos que contribuíssem para a subsistência e persecução das suas atividades formativas e solidárias junto da comunidade em que se encontra inserida. Contudo, o espírito natalício conquistou a direção e formadores da mesma, sendo que estes personagens foram solidariamente oferecidos aos meninos da instituição e seus familiares, fazendo parte da decoração típica da quadra nesse espaço de acolhimento”, assinala a docente.

Quanto ao projeto, Patrícia Vieira revela que “as personagens foram concebidas na sua forma plana, tendo em consideração uma produção gráfica otimizada, sendo a sua montagem executada pela criança ou familiar que a acompanhe nesta atividade. Por um lado, a versão planificada reduz os custos de produção e possibilita maior diversidade de figuras. Por outro, permite uma cooperação geracional na sua decoração (versão p&b, só linha) e montagem (versão p&b ou a cores), com capacidade para estimular ainda mais o espírito de partilha e convívio típico desta época festiva”.

Populares