Seguir o O MINHO

SC Braga

Abel: “Fui bem expulso”

Conferência de Imprensa após o SC Braga-Rio Ave.

em

Abel Ferreira, treinador do SC Braga. Foto: Twitter SC Braga

Declarações dos treinadores do SC Braga e do Rio Ave, após o jogo da sétima jornada da I Liga de futebol (1-1), disputado no sábado em Braga:

Abel Ferreira (treinador do SCBraga)

“Foi um bom jogo, muito bem disputado, o nosso adversário meteu muita gente atrás da linha da bola para ter posse, mas as grandes oportunidades deles são em transição.

As duas equipas quiseram vencer o jogo, na primeira parte, as oportunidades repartiram-se, na segunda, tivemos mais uma, já tinha dito que não íamos vencer sempre, mas lutar sempre por vencer, amealhámos mais um ponto”.

Resumo/Crónica: Rio Ave ousado empata SC Braga

“Foi um bom espetáculo, com muitas emoções, tenho que saber geri-las, mas penso que o árbitro as podia ter gerido melhor também.

O jogo ficou um bocado nervoso, mas tenho a certeza absoluta que o árbitro fez o seu melhor, parece-me que o árbitro estaria tão nervoso como eu quando fui expulso, e bem expulso, não fui mal educado e não foi com intenção, foi a emoção e o calor do jogo”.

(Clássico) “Espero que seja um bom espetáculo e se empatarem ficamos todos contentes”.

(Liderança) “O que podemos comparar com os três ‘grandes’ é a ambição e o desejo de ganhar, tudo o resto há diferenças. Os treinadores do FC Porto, Benfica e Sporting são melhores do que o do Sporting de Braga, porventura têm melhores jogadores, como equipa vamos ver. Vamos manter esta ambição até ao fim e jogar para ganhar, onde for e seja com quem for.”

José Gomes (treinador do Rio Ave)

José Gomes, treinador do Rio Ave, em Vila do Conde, na conferência de imprensa antes do jogo desta noite. Foto: DR

“Ontem [sexta-feira], estive num encontro em Braga, no 17.º encontro de jovens árbitros, e disse-lhes que seria muito difícil perder o controlo por causa de uma circunstância de jogo que merecesse ser expulso e queria reafirmar que não perdi o controlo, estou a dizer isto por consideração às centenas de jovens árbitros.

A resposta que obtive do árbitro foi: ‘os bancos estavam em pé, o treinador do Braga já tinha sido expulso e tive que escolher um e escolhi-o a si’.

Quanto ao árbitro, não quero manifestar-me, os lances mais polémicos serão avaliados por vocês [jornalistas].

Fizemos um bom jogo, por volta do minuto 65 há uma série de bolas dentro da nossa área, mas que de forma alguma apaga o jogo que fizemos, a personalidade que demonstrámos.

Estamos de parabéns, demonstrámos que os princípios de jogo estão fortes e consolidados, estamos de parabéns, não jogámos com um adversário qualquer, está em primeiro lugar por alguma razão e é candidato ao título.

Em termos de oportunidades claras de golo, as coisas dividiram-se, num jogo entre duas equipas que queriam os três pontos”.

(Ausência de Carlos Vinícius) “É um jogador que foi determinante no jogo anterior ao marcar dois golos, hoje não esteve pelo falecimento da mãe, com 42 anos, de ataque cardíaco, viajou para o Brasil para estar no funeral, queríamos dedicar-lhe a vitória e estivemos perto disso.”

Anúncio

SC Braga

Guarda-redes Rute Costa deixa SC Braga após quatro épocas

Sem adiantar qual o próximo passo na carreira

em

Rute Costa. Foto: SC Braga

A futebolista internacional portuguesa Rute Costa, guarda-redes do campeão SC Braga, informou hoje que deixa as ‘arsenalistas’ após quatro épocas, sem adiantar qual o próximo passo na carreira.

“Fim de um ciclo! Não foram 4 meses, foram 4 anos… Quero agradecer a todas as jogadoras que passaram pelo SC Braga por contribuírem para o meu crescimento desportivo e pessoal”, escreveu a jogadora, de 25 anos, na rede social Facebook.

Rute Costa, que chegou ao SC Braga em 2016/17, na época de criação e estreia da equipa feminina, conquistou o campeonato em 2018/19 e a Supertaça em 2018, num currículo que conta ainda com uma Taça de Portugal com o Boavista, em 2012/13.

No comunicado, Rute Costa deixa ainda um agradecimento ao treinador de guarda-redes e aos adeptos do SC Braga, acrescentando estar “ansiosa por uma nova baliza, onde possa continuar a voar e sonhar”.

A guardiã tem duas internacionalizações em jogos particulares, tendo marcado presença no Europeu de 2017, na Holanda, na estreia de Portugal, competição em que foi suplente de Patrícia Morais, guarda-redes do Sporting.

Em abril, a Federação Portuguesa de Futebol decidiu cancelar as competições não profissionais, devido à pandemia da covid-19, entre as quais o campeonato feminino, então liderado por Benfica, com os mesmos pontos do Sporting.

Continuar a ler

SC Braga

SC Braga apresenta segunda fase da Cidade Desportiva

Futebol

em

Foto: SC Braga / Facebook

O SC Braga apresentou hoje, através de vídeo publicados nas suas redes sociais, o projeto da segunda fase da Cidade Desportiva, cujas obras deverão arrancar em maio.

A segunda fase da Cidade Desportiva contempla um pavilhão multiusos, com 1030 lugares, considerado pelo clube um “equipamento estratégico para o desenvolvimento de todas as modalidades indoor do clube e para a realização de saraus desportivos, culturais, exposições e outros evento”.

Outro destaque é “Estado Centenário”, com 2400 lugares, que tem aquele nome para homenagear “todos aqueles que durante estes cem anos contribuíram para este clube”.

Vai ter ainda área residencial com 49 quartos duplos, restaurante, ginásio e parque de estacionamento com 250 lugares, entre outras novidades.

Continuar a ler

Desporto

Trincão já fala à Barcelona

Futebolista de Viana do Castelo do SC Braga

em

Foto: Twitter

Trincão, jogador do SC Braga, considerou hoje que o seu estilo de jogo encaixa bem no do FC Barcelona, equipa para a qual quer levar “magia” e conhecer Messi, um dos ídolos de infância.

“Desde pequeno que vejo jogos do ‘Barça’ e imaginava-me a jogar ali, porque acho que o meu estilo de jogo encaixa bem no seu”, afirmou o extremo aos canais do FC Barcelona e do Sporting de Braga nas redes sociais, na internet.

Autodefinindo-se como “bom no ‘um para um’ e mentalmente forte”, o extremo, que partirá para Barcelona na próxima época depois da venda por 31 milhões de euros em janeiro, prometeu levar “magia” para o Camp Nou e mostrou vontade em conhecer Messi, que, com Cristiano Ronaldo, revelou serem os ídolos de infância.

A transferência para o FC Barcelona é motivo de “orgulho” para Trincão, que mostrou “muita vontade de vestir a camisola do melhor clube do mundo, de conhecer todos os jogadores e aprender com eles”, sobretudo com Messi, “um dos melhores jogadores do mundo”, disse.

Numa entrevista num registo mais ligeiro conduzida em castelhano pelo clube catalão, mas emitida em conjunto pelos dois clubes e em que, entre outros desafios, usou o pé esquerdo para dar uns toques numa bola de ping-pong, Trincão lembrou ainda o percurso de nove anos no Sporting de Braga.

“Aprendi muitas coisas, como jogador e como pessoa, mas a lição mais importante é que, se trabalhar, vou conseguir os meus objetivos”, disse.

Continuar a ler

Populares