Seguir o O MINHO

Ave

A pequena Maria não quis esperar e nasceu nas mãos dos bombeiros em Fafe

BV Fafe

em

Foto: Divulgação / BV Fafe

A Maria Emanuela não quis esperar e nasceu em casa, a 30 quilómetros do hospital onde seria suposto ter visto a luz do dia pela primeira vez. A situação é contada pelos Bombeiros de Fafe, que assistiram o parto.

Aconteceu na passada quarta-feira à noite, quando a mãe da Maria começou a entrar em trabalho de parto dentro de casa. Pedro e Marilisa, bombeiros da corporação de Fafe, acorreram imediatamente ao local para transportar a mãe para o Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães.

Pedro e Marilisa. Foto: Divulgação / BV Fafe

Mas a Maria não quis esperar e acabou por nascer nos braços dos bombeiros, situação que já não acontecia “há alguns anos”, segundo revela aquela corporação.

“Assim, depois de ter vindo ao mundo, a Maria Emanuela e a mãe depois de devidamente estabilizadas, foram transportadas para o Hospital de Guimarães”, refere a mesma corporação.

Mãe e bebé encontram-se bem de saúde.

Populares