Seguir o O MINHO

Famalicão

YouOn. Empresa de Famalicão integra projeto português de 9,5 milhões para criar produtos na área dos media

em

YouON. Foto: DR/Arquivo

A empresa tecnológica famalicense YouOn integra o consórcio de 24 entidades portuguesas que estão a participar num projeto de 9,5 milhões de euros para desenvolver novos produtos na área dos media, informou a autarquia.

Designado CHIC (Cooperative Holistic View on Internet and Content), o projeto “visa reforçar a exportação e a presença nacional em mercados internacionais, desenvolvendo e vendendo ao exterior, por exemplo, soluções para a captura e a transmissão dos sinais de televisão de alta resolução de 4k – a designação para a próxima geração que aí vem – através da Internet”.

“Pretende-se igualmente criar tecnologias de utilização da língua portuguesa falada para implementar a interface de diálogo com o televisor, permitindo que a relação dos programas e canais seja feita através da linguagem, sendo uma alternativa ao uso do comando”, lê-se na nota enviada às redações.

Os produtos desenvolvidos no âmbito do CHIC serão comercializados em 77 mercados internacionais, dos quais se destacam o brasileiro, o alemão, o espanhol, o norte-americano, o russo e o asiático.

Liderado pela empresa Mog Technologie e com uma duração de 36 meses, o projeto CHIC envolve 24 entidades nacionais, entre universidades e centros de investigação, empresas e associações, oriundas dos principais sectores da indústria, sendo cofinanciado pelo Compete 2020 no âmbito do Sistema de Incentivos à I&D Empresarial.

Anúncio

Ave

Famalicão voltou com a maior noite de Carnaval de Portugal

Festa

em

Foto: Facebook do Município de Famalicão / DR

Famalicão recebeu milhares de foliões para a sua já famosa noite de Carnaval, atraindo mascarados e foliões, não só do concelho, como também, de outras zonas do Norte do país.

A animação ficou a cargo do Grupo Musical Terceira Dimensão e de DJ’s instalados em vários pontos da cidade.

O evento começou a ser organizado, nos anos 80, por um grupo de foliões famalicenses e é já um dos mais notórios carnavais no território nacional.

A festa durou até de manhã mantendo a tradição dos anos anteriores.

Continuar a ler

Ave

Onze ‘foliões’ assistidos por intoxicação alcoólica no Carnaval de Famalicão

Carnaval de Famalicão

em

Foto: Bombeiros Famalicenses

Foram registadas mais de uma dezena de intoxicações alcoólicas durante a véspera de Carnaval, em Famalicão, naquela que é considerada a festa noturna de Entrudo com maior afluência em todo o país.

Só nos registos do Comando Distrital de Operações e Socorro de Braga, foram efetuadas onze assistências devido ao consumo excessivo de álcool, com algumas das vítimas a inspirarem alguns cuidados.

Fonte dos bombeiros disse a O MINHO que os trabalhos de assistência por consumo excessivo de álcool iniciaram cerca das 00:16 horas, culminando na última pessoa assistida, já cerca das 06:30. Pelo meio, foram onze as pessoas assistidas pelas equipas de emergência situadas no local.

Há ainda registo de outros casos de intoxicação, mas onde não houve necessidade de intervenção médica, com os mesmos a serem transportados por amigos para a tenda hospitalar móvel (que ficava a alguns metros do local de folia) ou para o serviço de urgência do Hospital de Famalicão.

Durante a “maior noite do ano” em Famalicão, estiveram presentes mais de 100 elementos para assegurar o bom funcionamento do evento, entre bombeiros, proteção civil municipal, polícia municipal e PSP e ainda elementos do Hospital de Famalicão e dos Serviços Municipais.

A GNR efetuou várias operações de fiscalização rodoviária relativamente ao consumo de álcool, em diversos pontos de saída da cidade de Famalicão.

Há ainda a assinalar alguns pequenos furtos no corso carnavalesco que juntou dezenas de milhares de pessoas no centro da cidade.

Continuar a ler

Ave

Levado ao hospital de Braga para remover ouro ingerido durante roubo

Insólito aconteceu durante um assalto em Famalicão

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem engoliu um fio e uns brincos em ouro, roubados a uma idosa de 81 anos, durante um assalto a uma residência em Vale de S. Cosme, Vila Nova de Famalicão, este domingo de manhã, tendo posteriormente sido interceptado, identificado e transportado ao Hospital de Braga para que as peças lhe fossem retiradas do corpo.

Segundo a rádio Cidade Hoje, que conta a história, o assaltante foi surpreendido no interior da habitação pela mulher, altura em que lhe retirou brincos e fio e se colocou em fuga.

Contudo, acabou por ser localizado pelos familiares da vítima, quando se preparava para apanhar um táxi.

Após ser identificado pela polícia, chamada ao local, foi transportado ao hospital.

As peças de ouro já foram, entretanto, devolvidas à proprietária.

 

Continuar a ler

Populares