Wolverhampton faz queixa na UEFA do jogo contra o Braga por razões de segurança

Número sem precedente de reclamações de adeptos

O Wolverhampton apresentou uma queixa formal na UEFA da partida contra o Sporting Clube (SC) de Braga, por razões de segurança relacionadas com os adeptos que acompanharam a equipa para assistir ao jogo da Liga Europa de futebol, anunciou hoje o clube inglês.

Em nota publicada no sítio oficial na Internet, os ‘wolves’ dizem ter recebido um “número sem precedente de reclamações de adeptos que ficaram dececionados, angustiados e, em alguns casos, feridos durante a entrada no Estádio Municipal de Braga”.

Governo inglês “chocado” com tratamento a adeptos à porta do estádio, em Braga

O Wolverhampton diz levar “extremamente a sério” a segurança dos seus adeptos, sendo que “este tipo de incidentes não é o que se espera quando se participa em eventos organizados pela UEFA ou pelos seus clubes membros”.

O Braga e o Wolverhampton defrontaram-se na passada quinta-feira (28 de novembro), em Braga, na quinta jornada do grupo K da Liga Europa, tendo o jogo terminado com um empate 3-3.

Adeptos ingleses rendidos a Braga: “Ambiente soberbo”

No recinto bracarense marcaram presença cerca de 6.000 adeptos da equipa inglesa, orientada por Nuno Espírito Santo e na qual alinham vários portugueses, como os internacionais Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho ou Diogo Jota.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Crianças encenaram "milagre da fruta" na Sé de Braga

Próximo Artigo

Fernando Gomes felicita Horácio Gonçalves

Artigos Relacionados
x