Connect with us

Vizela quer remodelação da secundária com fundos europeus

Ave

Vizela quer remodelação da secundária com fundos europeus

O presidente da Câmara de Vizela reclamou hoje a necessidade de os próximos fundos europeus incluírem a remodelação da escola secundária, porque “o concelho tem a população mais jovem do distrito de Braga”.

“Estamos a trabalhar para ver se conseguimos integrar a escola nesses financiamentos”, afirmou Dinis Costa.

O autarca recordou que aquela obra, orçada em cerca de 10 milhões de euros, chegou a estar prevista pela empresa Parque Escolar, acabando por ser suspensa com os constrangimentos orçamentais por que passou o país.

Para o autarca, falta essa intervenção para “o concelho atingir o patamar de excelência em termos de infraestruturas de educação”.

Após ter inaugurado alguns melhoramentos realizados na escola do primeiro ciclo da localidade de Infias, Dinis Costa vincou que os investimentos previstos na Carta Escolar, aprovada há cerca de três anos, “estão quase todos realizados”.

Nos últimos anos, sinalizou, foram investidos cerca de 7,2 milhões de euros em educação no concelho de Vizela.

“Hoje temos excelentes condições para os alunos, professores e encarregados de educação. As escolas têm tecnologias de ponta e contamos com uma rede de bibliotecas em todos os estabelecimentos”, disse.

O presidente da câmara destacou, por outro lado, a importância das obras realizadas recentemente na antiga escola preparatória, um equipamento que tinha cerca de 44 anos de atividade.

Para o autarca, o facto de “o concelho ter a população mais jovem do distrito de Braga” justifica os avultados investimentos no domínio da educação.

A propósito, avançou que a câmara está a fazer o diagnóstico de um conjunto de dados relacionados com a população mais jovem, com o objetivo de preparar um pacote de medidas voltado para o futuro.

 

Mais em Ave

Bitnami