Seguir o O MINHO

Futebol

Vitória volta a não vencer e fica de fora dos 16 avos de final da Liga Europa

Empate, em casa, com o Standard de Liége

em

Foto: Twitter de B24

O Vitória SC ficou hoje arredado dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol, ao empatar 1-1 na receção ao Standard de Liège, num jogo de muita entrega dos jogadores, mas com pouca qualidade.

Os golos de Maxime Lestienne, aos 40 minutos, de penálti, e de André Pereira, aos 45+2, estabeleceram um resultado ajustado a um desafio com várias ocasiões de golo, mas com um futebol muitas vezes atabalhoado.

Os portugueses mantiveram-se no quarto e último lugar do Grupo F, com dois pontos, já a sete do segundo classificado, os germânicos do Eintracht Frankfurt, quando falta um jogo – o Vitória vai à Alemanha, em dezembro -, enquanto o Standard, terceiro, com sete, tem ainda hipóteses de seguir para os 16 avos de final, recebendo o líder Arsenal (10 pontos) no último jogo.

Depois das tochas lançadas pelos adeptos belgas para o relvado, que encobriram a baliza junto à bancada norte com uma ‘nuvem vermelha’, atrasando o apito inicial, a partida começou ‘morna’, sem que as equipas se revelam especialmente criativas na hora de atacar.

Apesar dos vários passes falhados na manobra ofensiva, a formação portuguesa criou o primeiro lance perigoso, quando André Pereira obrigou o guarda-redes Arnaud Bodart a defesa atenta, aos 12 minutos, mas o Standard, mais sereno a circular a bola, respondeu de seguida, numa tentativa de Mehdi Carcela, ex-jogador do Benfica, à malha lateral, aos 13.

Apesar dos vários duelos perdidos no meio-campo e da lentidão na reação à perda da bola, o Vitória aproveitou o contra-ataque para ameaçar de novo as redes belgas, num remate de Sacko, ao minuto 22, e em outro lance em que Bodart negou o golo a Bruno Duarte (30).

O conjunto treinado por Michel Preud’homme também ameaçou a baliza lusa, num remate cruzado de Lestienne, aos 28 minutos, e em outro de Renaud Emond, ao lado, aos 34, antes de chegar mesmo à vantagem, por Lestienne, aos 40, na conversão de um penálti cometido por Douglas sobre Paul-Jose Mpoku, muito duvidoso.

Apesar do ‘golpe’, os minhotos reagiram rapidamente e igualaram na sequência de um passe longo de Sacko e de uma bola amortecida de cabeça por Lucas Evangelista para a finalização certeira de André Pereira, em posição frontal à baliza, em cima do intervalo.

Embalados pelo golo, os vitorianos estiveram perto da reviravolta aos 51 minutos, quando Poha rematou e Davidson, que rendeu o lesionado Bruno Duarte aos 45 minutos, atirou ao lado na recarga.

O Standard ‘arrefeceu’ o ímpeto dos portugueses e o jogo voltou a ficar dividido, com muita luta e muita troca de bolas pelo ar, antes de se ‘partir’ pelo minuto 70, com as ocasiões de golo a surgirem para ambas as formações.

André Pereira (73 minutos), Davidson (75) e Lucas Evangelista (77) não ficaram longe de virar o resultado, mas Amallah também esteve perto de dar o triunfo aos belgas, em dois remates (82 e 89), todos sem sucesso.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória SC – Standard Liège, 1-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Maxime Lestienne, 40 minutos (grande penalidade).

1-1, André Pereira, 45+2.

Equipas:

– Vitória SC: Douglas, Sacko, Tapsoba, Pedro Henrique, Florent, Mikel Agu, Dénis Poha, Lucas Evangelista, Marcus Edwards (Rochinha, 76), André Pereira (Léo Bonatini, 86) e Bruno Duarte (Davidson, 45).

(Suplentes: Miguel Silva, Frederico Venâncio, Al Musrati, Pepe, Rochinha, Davidson e Léo Bonatini).

Treinador: Ivo Vieira.

– Standard de Liège: Arnaud Bodart, Mergim Vojvoda, Konstantinos Laifis, Zinho Vanheusden, Nicolas Gavory, Gojko Cimirot, Samuel Bastien, Paul-Jose Mpoku (Duje Cop, 83), Mehdi Carcela, Maxime Lestienne (Selim Amallah, 71) e Renaud Emond (Obbi Oularé, 69).

(Suplentes: Vanja Milinkovic-Savic, Collins Fai, Dimitri Lavalée, Senna Miangue, Selim Amallah, Obbi Oularé e Duje Cop).

Treinador: Michel Preud’homme.

Árbitro: Serhiy Boiko (Ucrânia).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tapsoba (42), Bastien (42), Lucas Evangelista (47), Paul-Jose Mpoku (51), Konstantinos Laifis (64) e Zinho Vanheusden (85).

Assistência: 11.221 espetadores.

 

Notícia atualizada às 23h45 com mais informação.

Populares