Seguir o O MINHO

Desporto

Vitória vence dérbi com Moreirense e sobe a quinto na I Liga

Tó Zé foi o autor do golo

em

Foto: DR

O Vitória de Guimarães venceu o dérbi com o Moreirense por 1-0, em jogo da 17.ª jornada da I Liga de futebol, subindo ao quinto posto da prova, por troca com os ‘conegos’.

No estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, o único golo da partida foi anotado no arranque da segunda metade, aos 47 minutos, por Tozé, na conversão de uma grande penalidade.

Com este triunfo, o Vitória subiu ao quinto posto com 28 pontos, rebaixando o Moreirense para a sexta posição, com os mesmos pontos.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

II Liga

Ledman recorre à justiça para impedir Liga de clubes de utilizar a sua marca

em

A empresa chinesa Ledman interpôs uma providência cautelar a contestar a utilização indevida da sua marca pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) na promoção da II Liga, após a resolução do contrato com o organismo de clubes.

De acordo com o documento judicial a que a Lusa teve hoje acesso, a Ledman afirma ter dissolvido o contrato com a LPFP em 03 de maio de 2018, pelo que o organismo tem utilizado, desde então, de forma indevida, a marca e imagem no material de promoção do segundo campeonato profissional português, o que motivou a ação junto do Tribunal da Propriedade Intelectual de Lisboa, a fim de obrigar ao fim desta utilização.

Na opinião da empresa chinesa, “a LPFP não cumpriu com as obrigações emergentes, quer do contrato de patrocínio, quer do acordo de parceria”, sendo que o primeiro estipulava, entre outros, a utilização de Ledman no ‘naming’ da prova, designada de forma comercial por ‘Ledman Liga Pro’.

Já o segundo estipulava a chegada de 10 jogadores chineses e três técnicos, “em contexto de formação”, aos clubes da II Liga, numa parceria fomentada pela empresa fabricante de lâmpadas, também patrocinadora da Liga profissional de futebol chinês, sendo que os dois estariam ligados, segundo a argumentação da requerente.

O contrato e o acordo foram então resolvidos “por parte da Ledman em 03 de maio de 2018, o que foi comunicado à LPFP por carta registada com aviso de receção”, após a quebra da disposição da II Liga como “um terreno fértil para a formação dos melhores jovens talentos”, na sequência da criação do campeonato sub-23 e os casos “relativos a treinadores sem a necessária formação e certificação” ou “o incumprimento do requisito” de jovens sub-23 na ficha de jogo.

Por outro lado, os “casos de polícia que têm inundado os media e os tribunais relativos a corrupção desportiva de jogadores da II Liga” levam a que a competição seja jogada “sob um manto de suspeição e descrédito”, o que “afeta a imagem da marca Ledman no mercado nacional e europeu”.

Por outro lado, também a ausência de qualquer colocação de jogadores ou técnicos chineses junto dos emblemas da II Liga, bem como o incumprimento da segunda e terceira cláusulas do contrato de publicidade, contribuíram para a dissolução do contrato de patrocínio, que envolvia o pagamento de 4,1 milhões de euros, três dos quais já transacionados.

A providência interposta junto do Tribunal da Propriedade Intelectual de Lisboa visa obrigar a LPFP a cessar a “utilização ilegítima do logótipo e da marca” em todos os materiais, bem como notificar todos os interessados do fim da relação comercial entre as duas partes.

A empresa chinesa, que alega ter tido “graves prejuízos” decorrentes da situação, pede ainda a fixação de “uma sanção pecuniária compulsória de valor não inferior a 10 mil euros, a ser paga pela requerida à requerente por cada dia de atraso no cumprimento da condenação que vier a ser proferida neste processo”.

O presidente da Liga, Pedro Proença, disse hoje que o contrato de patrocínio da II Liga se mantêm em vigor e que não existe nenhuma ação em tribunal.

“Não há nenhuma ação em tribunal, estamos com um contrato em vigor e a Liga está a cumprir a sua parte”, afirmou Pedro Proença, em Braga, à margem da apresentação de uma parceria comercial da Taça da Liga, cujas meias-finais se iniciam hoje com o jogo entre o FC Porto e o Benfica.

Segundo a edição de hoje do jornal Público, a Ledman, avançou para tribunal há mais de oito meses, alegando o incumprimento com “as obrigações emergentes do acordo de parceria”.

Ledman e LPFP celebraram em 27 de janeiro de 2016 um acordo de patrocínio para as épocas 2015/16 até à presente, 2018/19, que incluía o “direito à denominação da referida competição”.

O conteúdo Ledman recorre à justiça para impedir Liga de clubes de utilizar a sua marca aparece primeiro em Desporto – O MINHO.



Source link

Continuar a ler

Futebol

Xadas e Marcelo Goiano regressam no Braga para defrontar Sporting

em

O treinador do SC Braga, Abel Ferreira, chamou hoje Marcelo Goiano e Xadas para o jogo frente ao Sporting, na quarta-feira, das meias-finais da Taça da Liga de futebol.

O destaque vai para o regresso de Xadas, ausente há um pouco mais de um mês, por lesão.

Marcelo Goiano falhou o jogo do campeonato com o Nacional [vitória por 3-0] devido a castigo, mas está de volta às opções do técnico e terá lugar assegurado no lado direito da defesa.

Palhinha ficou de fora por estar emprestado pelos ‘leões’, enquanto Matheus, Ailton, Ricardo Ferreira, Lucas e Fransérgio continuam a recuperar de lesões.

SC Braga e Sporting defrontam-se na quarta-feira, às 19:45, na segunda meia-final da ‘final four’ da Taça da Liga, no Estádio Municipal de Braga. O vencedor vai disputar a final, no sábado, frente ao vencedor do clássico de hoje, entre FC Porto e Benfica.

Lista dos 20 convocados:

– Guarda-redes: Tiago Sá e Marafona.

– Defesas: Bruno Viana, Sequeira, Raul Silva, Pablo e Marcelo Goiano.

– Médios: Claudemir, Ryller, Xadas, Eduardo, João Novais, Trincão, Esgaio e Fábio Martins.

– Avançados: Dyego Sousa, Wilson Eduardo, Ricardo Horta, Paulinho e Murilo.

O conteúdo Xadas e Marcelo Goiano regressam no Braga para defrontar Sporting aparece primeiro em Desporto – O MINHO.



Source link

Continuar a ler

Desporto

Taça da Liga: Abel critica preço dos bilhetes

em

O treinador do SC Braga, Abel Ferreira, repartiu hoje o favoritismo com o Sporting, no encontro de quarta-feira das meias-finais da Taça da Liga de futebol, e criticou a organização pelo preços dos bilhetes.

Os ingressos para os três jogos da ‘final four’ custam 15, 20 e 25 euros e o técnico dos minhotos considerou-os muito caros.

“Se amanhã [na quarta-feira] o estádio não estiver cheio a culpa é da Liga [Portuguesa de Futebol Profissional]. Fico triste quando só se olha para o lado económico”, lamentou, na conferência de imprensa de antevisão do encontro.

Quanto ao jogo frente aos ‘leões’, Abel Ferreira disse esperar “um grande espetáculo” e repartiu o favoritismo pelas duas equipas.

“Temos a certeza e a convicção do que temos de fazer e é isso que nos tem de dar confiança. Não interessa quem está à frente ou atrás [no campeonato], é um jogo a eliminar e o favoritismo é repartido, mas nós temos a ambição de estar na final”, frisou.

Negando ter feito uma gestão da equipa no último jogo, com o Nacional [triunfo por 3-0], em que mudou mais de meia equipa – “jogaram os que estavam mais preparados” -, Abel Ferreira assegurou ainda que a sua equipa está preparada para um Sporting mais ofensivo ou para um mais contido.

“Estamos preparados para as duas situações, um adversário que nos venha pressionar logo na primeira fase de construção ou que jogue num bloco médio, em espera”, referiu.

O técnico frisou que, com Marcel Keiser, o Sporting “fez, de facto, algumas alterações no ataque posicional: joga em ‘4x3x3’, com os extremos um pouco assimétricos, um dá mais largura, outro mais por dentro, mais perto do Bas Dost”.

“Esperamos um adversário com uma ideia de jogo muito definida e com uma identidade muito própria”, salientou.

Questionado sobre se ganhar a competição vai significar a afirmação do SC Braga, disse não colocar cenários.

“Há muito por onde trabalhar e por onde crescer. O desafio é esse: com menos estar ao nível dos grandes. Individualmente ainda estamos longe, mas, como coletivo, conseguimos competir com essas equipas”, rematou.

SC Braga e Sporting defrontam-se na quarta-feira, às 19:45, na segunda meia-final da ‘final four’ da Taça da Liga, no Estádio Municipal de Braga. O vencedor vai disputar a final, no sábado, frente ao vencedor do clássico de hoje, entre FC Porto e Benfica.

O conteúdo Taça da Liga: Abel critica preço dos bilhetes aparece primeiro em Desporto – O MINHO.



Source link

Continuar a ler

Populares