Seguir o O MINHO

II Liga

Vitória SC B empata na receção ao Sporting da Covilhã

21.ª jornada da II Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O Vitória SC B e o Sporting da Covilhã empataram hoje 2-2 num jogo que encerrou a 21.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol e continuam na ‘cauda’ da tabela.

Num desafio realizado em Felgueiras, a turma serrana adiantou-se por Adriano, ao minuto 11, mas a formação vitoriana operou a reviravolta por Edmond Tapsoba, aos 27, e Rosier, aos 59, antes de Henrique Gomes repor a igualdade, aos 84.

Com este resultado, o Covilhã somou o quinto jogo consecutivo sem derrotas e ocupa o 14.º lugar, com 24 pontos, enquanto o Vitória B averbou o segundo jogo seguido sem perder e mantém-se abaixo da ‘linha de água’, no 16.º posto, com 22.

A equipa vimaranense deu o primeiro ‘sinal’ de perigo aos dois minutos, num remate de Aziz por cima, mas os beirões foram mais fortes na fase inicial e colocaram-se na frente com um remate de Adriano ao ângulo superior direito da baliza.

Em desvantagem, os vitorianos revelaram-se incapazes de ‘empurrar’ o Sporting da Covilhã para o seu meio-campo, mas chegaram mesmo assim ao empate, num cabeceamento certeiro de Edmond Tapsoba, após canto de Hélder Ferreira.

O Vitória B dominou no arranque da segunda parte e, depois de ter ameaçado a reviravolta num corte defeituoso de Jaime Simões, aos 50 minutos, ‘virou’ o resultado num contra-ataque finalizado por Rosier.

Obrigado a reagir, o Sporting da Covilhã praticamente só entrou na área vitoriana em lances de bola parada e, numa dessas situações, empatou, graças a um cabeceamento de Henrique Gomes, após livre de Bonani.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Municipal Doutor Machado de Matos, em Felgueiras.

Vitória SC B – Sporting da Covilhã, 2-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Adriano, 11 minutos.

1-1, Edmond Tapsoba, 27.

2-1, Rosier, 59.

2-2, Henrique Gomes, 84.

Equipas:

– Vitória de Guimarães B: Daniel Figueira, Maga, Romain Correia (Shumpei Fukahori, 85), Phete, Edmond Tapsoba, David Sualehe, Al Musrati, Rosier, Mimito (André Almeida, 85), Hélder Ferreira (Elias, 76) e Aziz.

(Suplentes: Tiago Martins, Dénis Martins, Reisinho, Shumpei Fukahori, André Almeida, Elias e Olivares).

Treinador: Alex Costa.

– Sporting da Covilhã: São Bento, Tiago Moreira, Jaime Simões, Rafael Vieira, Henrique Gomes, Semedo (Deivison, 64), Guilherme Rodrigues, Mica Silva, Adriano (Bonani, 76), Diego Medeiros (Zé Pedro, 76) e Kukula.

(Suplentes: Bruno Bolas, João Cunha, Neto, Leandro Pimenta, Zé Pedro, Deivison e Bonani).

Treinador: Filó.

Árbitro: João Matos (AF Viana do Castelo).

Ação disciplinar: Phete (34), Hélder Ferreira (39), Romain Correia (49), Rosier (79) e Rafael Vieira (90+3).

Assistência: cerca de 150 espetadores.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Futebol

Wender sai: Rui Santos, “um homem da casa”, é o novo treinador do SC Braga B

Paulo Jorge, antigo defesa-central, será adjunto

em

Foto: Divulgação / scbraga.pt

Rui Santos é o novo treinador do SC Braga B, substituindo no cargo Wender Said depois da derrota caseira de domingo, frente ao Arouca (2-0), da 22.ª jornada da II Liga de futebol, anunciaram hoje os bracarenses.

Rui Santos, de 42 anos, “é um homem da casa”, como o descreve o sítio do clube na internet, lembrando ter sido adjunto de Domingos Paciência entre 2009 e 2011 e também coordenador técnico da formação durante três anos.

Após orientar os sub-17 ‘arsenalistas’ na temporada passada, Rui Santos foi para o Nantes para coadjuvar Miguel Cardoso e, depois da saída deste da equipa francesa, para os sub-23 do Estoril Praia, tendo agora assinado contrato até junho de 2021 pela equipa secundária dos bracarenses.

Paulo Jorge, antigo defesa central e treinador das camadas jovens do SC Braga, é o novo adjunto da equipa B, juntando-se a Custódio, Orlando Silva e Hugo Freitas, que transitam da anterior equipa técnica.

De saída estão ainda o treinador adjunto Ricardo Gomes e o diretor executivo Carlos Duarte.

Wender Said, de 43 anos, rescindiu hoje o seu vínculo, tendo estado pouco mais de um ano no comando técnico da equipa B dos minhotos, depois de ter substituído João Aroso no final de janeiro de 2018.

O SC Braga ocupa a 15.ª posição na II Liga de futebol, com 22 pontos, apenas mais um que os últimos classificados, Cova da Piedade e Académico de Viseu, e os mesmos que o Vitória de Guimarães B, primeira equipa abaixo da ‘linha de água’.

Continuar a ler

II Liga

Vitória B perde em Matosinhos e cai para os lugares de descida

II Liga

em

Foto: DR/Arquivo

Um ‘bis’ de Zé Paulo lançou este domingo o Leixões para um triunfo tangencial sobre o Vitória SC B, por 2-1, em jogo da 22.ª jornada da II Liga de futebol.

Os vimaranenses somaram o sexto jogo consecutivo sem vencer, enquanto a formação de Matosinhos regressou às vitórias, depois de um empate com o Farense (1-1).

Com este resultado, os leixonenses subiram ao oitavo lugar do campeonato, enquanto o Vitória de Guimarães B caiu para a zona de descida, passando a ocupar o 16.º lugar.

A equipa da casa dominou ao longo da primeira parte e Zé Paulo traduziu essa supremacia em golos, o primeiro apontado aos 28 minutos e o segundo já em tempo de compensação, antes do intervalo, aos 45+1.

No segundo tempo, os vimaranenses ainda conseguiram reduzir, aos 57 minutos, por intermédio de Aziz, mas isso foi insuficiente para evitar a derrota.

Ficha de Jogo

Jogo disputado no Estádio do Mar, em Matosinhos.

Leixões – Vitória SC B, 2-1.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Zé Paulo, 28 minutos.

2-0, Zé Paulo, 45+1.

2-1, Aziz, 57.

Equipas:

– Leixões: Tony, Jorge Silva, Bura, Pedro Monteiro, Derick Poloni, Zé Paulo (Filipe Ribeiro, 73), Oudrhiri (Ceitil, 56), Luís Silva, Erivaldo, André Clóvis e Roniel (Camara, 65).

(Suplentes: Luís Ribeiro, Matheus Costa, Ceitil, Camara, Evandro, Filipe Ribeiro e Stéphane).

Treinador: Jorge Casquilha.

– Vitória SC B: Daniel Figueira, Maga, Edmond Topsoba, Denis, Maga, Shun (Elias, 46), Rosier (Christophe Burga, 83), Al Musrati, Hélder, Mimito e Aziz.

(Suplentes: Tiago Martins, Elias, Christopher Burga, Miguel Reisinho, André Almeida, Bíró e Gudelj).

Treinador: Alex Costa.

Árbitro: José Rodrigues (AF Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Edmond Topsoba (78).

Assistência: Cerca de 500 espetadores.

Continuar a ler

II Liga

SC Braga B frágil perde com Arouca

II Liga

em

Foto: Facebook de SC Braga (Arquivo)

O SC Braga B perdeu este domingo, em casa, contra o Arouca, por 2-0, permitindo ao visitante somar o terceiro triunfo seguido na II Liga de futebol, num jogo da 22.ª jornada em que foi muito melhor do que uma frágil equipa minhota.

Lumu inaugurou o marcador aos 47 minutos e Fortes, de penálti, fez o segundo, aos 67, materializando a superioridade da equipa mais madura sobre um Braga B que voltou a demonstrar muitas dificuldades para ‘ligar’ o seu jogo.

Foi a terceira vitória seguida no campeonato do Arouca, que, com estes três pontos, distancia-se mais dos últimos lugares, ao contrário dos bracarenses, que registaram a segunda derrota consecutiva e vão continuar na cauda da tabela.

Num jogo demasiado faltoso, o Arouca foi quase sempre superior e, logo aos dois minutos, um cabeceamento de Fortes obrigou Tiago Pereira a defesa difícil.

A equipa da casa teve uma boa ocasião aos 15 minutos, por Bruno Wilson, bem resolvida por Stefanovic, mas Pedro Pinto, de cabeça, após canto da esquerda, voltou a colocar o guardião bracarense à prova, aos 26.

O Arouca marcou logo após o reatamento, com Lumu a antecipar-se aos centrais bracarenses, após cruzamento de Bruno Alves, aos 47, e, 20 minutos depois, dilatou a vantagem, de grande penalidade, por Fortes, na sequência de um corte com o braço de Simão.

O SC Braga B tentou reagir, mas sempre mais com o ‘coração’ do que com a ‘cabeça’, numa das piores exibições da equipa em casa esta época.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio 1º de Maio, em Braga.

SC Braga B – Arouca, 0-2.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Lumu, 47 minutos.

0-2, Fortes, 67 (grande penalidade).

Equipas:

– SC Braga B: Tiago Pereira, Danilo (Soleri, 76), Bruno Wilson, David Carmo, Simão, Afonso Caetano (Franklin, 56), Crespo, Tavares (Makouta, 62), Denisson, André Ribeiro e Henry.

(Suplentes: Filipe Ferreira, Pedro Amador, Rodrigo, Makouta, Tiago Dias, Franklin e Soleri).

Treinador: Wender Said.

– Arouca: Stefanovic, Thales Oleques, Victor Massaia, Pedro Pinto, Kiko, Didi, Bruno Alves (Benny, 89), Bukia, Willian (Adílio, 62), Lumu (Breitner, 79) e Fortes.

(Suplentes: Rui Vieira, Benny, Soares, Breitner, Adílio, Sanchez, Arteaga).

Treinador: Quim Machado.

Continuar a ler

Populares