Seguir o O MINHO

Futebol

Vitória opera reviravolta e ultrapassa Estoril Praia na tabela

I Liga

em

O Vitória SC regressou hoje aos triunfos na I Liga portuguesa de futebol, ao vencer o Estoril Praia (3-1), numa partida da 19.ª jornada em que esteve a perder, e ascendeu ao sexto lugar, ultrapassando os ‘canarinhos’.

Eficaz a aproveitar os espaços consentidos pela defesa vimaranense, a equipa da ‘linha’ adiantou-se por André Franco, aos 29 minutos, mas a formação da casa materializou o maior pendor ofensivo na segunda parte, com golos de Rochinha, aos 61 minutos, e de Óscar Estupiñán, aos 69 e aos 90+3, este último quando os homens treinados por Bruno Pinheiro tentavam o empate.

Após encerrar uma série de quatro jogos sem vencer, o Vitória ascendeu, provisoriamente, ao sexto lugar, com 27 pontos, mais dois do que o Estoril Praia, formação que ocupa o sétimo posto e não vence há cinco jogos, apesar de ter um em atraso, frente ao Arouca.

Apesar da indisponibilidade de Bruno Varela, Sílvio, Jorge Fernandes, Tomás Händel e Tiago Silva, infetados com o coronavírus SARS-CoV-2, bem como de Quaresma, os minhotos entraram intensos na partida, variando o jogo da esquerda para a direita, mas cedo mostraram debilidades defensivas.

Recuados no terreno com a intenção de atacarem em velocidade na hora da recuperação da bola, os ‘canarinhos’ protagonizaram os primeiros lances perigosos do desafio, por Xavier, num remate defendido por Matous Trmal, ao minuto cinco, e noutro de Arthur, por cima da trave, no minuto seguinte.

Mesmo com os sustos, o Vitória cimentou o domínio e ameaçou o golo de meia distância, através de um remate de Alfa Semedo à trave e de outro de Janvier, defendido por Thiago Silva, ambos ao minuto 22, antes da formação treinada por Bruno Pinheiro ensaiar nova saída para o ataque, aos 29, com sucesso.

Romário Baró conduziu a bola pelo corredor central e, marcado por três adversários, vislumbrou a desmarcação de André Franco, que disparou com convicção para o fundo da baliza.

O golo abalou os vimaranenses e estimulou a dimensão ofensiva do Estoril Praia, que controlou o último quarto de hora da primeira parte, com uma interrupção para novo remate ao poste do Vitória, por Rúben Lameiras, ao minuto 38.

Os homens treinados por Pepa só se instalaram de novo no meio-campo ‘canarinho’ após a entrada do ala Rochinha para o lugar de André André, no começo da segunda parte, e valeram-se novamente da meia distância para empatar, após uma série de ataques mal definidos.

O recém-entrado extremo de 26 anos ganhou balanço e disparou ao ângulo superior esquerdo para um golo vistoso, indefensável para o guardião estorilista.

Os vimaranenses mantiveram o cerco, com Rochinha a ameaçar novo golo aos 63 minutos, antes de Óscar Estupiñán operar mesmo a reviravolta, num lance em que ganhou posição na área e ‘fuzilou’ as redes à guarda de Thiago Silva.

Nos 20 minutos finais, o cerco mudou de área, com a formação da ‘linha’ a mostrar um volume ofensivo que não se viu no resto do jogo, mas faltou pontaria a Ferraresi, num cabeceamento ao poste, aos 79, a André Clóvis, aos 82, e a Rosier, aos 87, para aparecer o golo da igualdade.

Com o Estoril balanceado para a frente, os minhotos selaram o resultado nos descontos, com uma recarga de Óscar Estupiñán a uma bola que ‘esbarrou’ no poste, aos 90+3 minutos.

Ficha de Jogo

O Vitória SC venceu hoje o Estoril Praia por 3-1, em jogo da 19.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado em Guimarães.

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória SC – Estoril Praia, 3-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, André Franco, 29 minutos.

1-1, Rochinha, 61.

2-1, Óscar Estupiñán, 69.

3-1, Óscar Estupiñán, 90+3.

Equipas:

– Vitória SC: Matous Trmal, João Ferreira, Abdul Mumin (Bruno Duarte, 55), Borevkovic, Rafa Soares (Hélder Sá, 85), Alfa Semedo, André André (Rochinha, 46), Janvier, Rúben Lameiras (André Almeida, 56), Marcus Edwards e Óscar Estupiñán (Gui, 90+4).

(Suplentes: Mário Évora, Miguel Maga, André Amaro, Hélder Sá, Gui, André Almeida, Rochinha, Nélson da Luz e Bruno Duarte).

Treinador: Pepa.

– Estoril Praia: Thiago Silva, Carles Soría, Vital, Ferraresi, Joãozinho, Gamboa, Romário Baró (André Clóvis, 75), Xavier (Rosier, 66), André Franco, Arthur (Meshino, 80) e Rui Fonte (Francisco Geraldes, 76).

(Suplentes: Daniel Figueira, David Bruno, Patrick William, Coly, Rosier, Francisco Geraldes, Meshino, Leonardo Ruiz e André Clóvis).

Treinador: Bruno Pinheiro.

Árbitro: Artur Soares Dias (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Ferraresi (25), Borevkovic (43), Thiago Silva (53), Gamboa (59), Rafa Soares (63), Trmal (79) e Bruno Duarte (90+2).

Assistência: 7.745 espetadores.

Populares