Seguir o O MINHO

Desporto

“À Vitória. À Conquista”: Guimarães de olhos postos na Taça de Portugal

em

O Vitória joga este domingo a final da Taça de Portugal, contra o Benfica, no Estádio do Jamor.

No lançamento do jogo, em conferência de imprensa, o treinador Pedro Martins mostrou-se satisfeito por disputar a final pela primeira vez na sua carreira de treinador.

“Esta equipa tem um compromisso desde o início da época. O facto de estarmos aqui já é motivante. Elevamos a fasquia para um patamar de acordo com a grandeza do clube, que é de facto um grande clube. Amanhã vamos dar tudo para dar uma alegria a todos”, afirmou.

A primeira vez em que o clube de Guimarães conquistou o troféu, em 2013, encontrou do outro lado o adversário desta final.

“A Taça de 2013 foi um marco histórico, bonito, mas completamente diferente. Houve uma conquista e este ano também queremos conquistar. Este ano também conseguimos um quarto lugar e desde o primeiro dia que assumimos um compromisso de colocar o Vitória onde deve e merece estar. E esse compromisso foi conseguido com trabalho, empenho, dedicação e inteligência de todos”, salientou Pedro Martins.

Adeptos do Vitória mostram entusiasmo no apoio à equipa. DR

Sobre a estreia do video-árbitro em jogos oficiais, que irá acontecer no jogo deste domingo, o treinador vitoriano mostrou-se preparado para lidar com a nova situação.

“Vídeo-árbitro? Mantenho a mesma posição. Desde há 15 dias, quando João Ferreira nos respondeu a todas as questões, ficamos elucidados e acredito que esta é uma ferramenta extremamente importante para o futuro. Amanhã, teremos um bom árbitro e dois internacionais de grande qualidade nas funções do vídeo-árbitro. Teremos três boas equipas a proporcionar um bom espectáculo”, disse.

Depois de ter participado na final do Jamor como jogador, o técnico do Vitória disse estar a cumprir o sonho de voltar àquele palco, agora como treinador.

“É um sonho. Sonhei como jogador, sonho como treinador. Toda a gente gostaria de alcançar este objectivo. É algo que nós pensamos junto das nossas famílias. Não tenho possibilidade de ter cá o meu pai e o meu irmão e gostaria de os brindar com esse momento, o de erguer a Taça”, salientou.

Moreno, capitão do Vitória, também participou na conferência de imprensa deste sábado. O jogador, nascido em Guimarães, destacou o apoio que a equipa tem sentido da parte dos adeptos e mostrou-se confiante na conquista do troféu.

“Esta final está a ser vivida de uma forma intensa. É impossível ficar indiferente às manifestações de apoio durante a época e ao apoio de ontem. Não param de nos surpreender e por eles vamos deixar a nossa pele em campo. Estamos a desfrutar do momento mas assim que o árbitro apitar o foco só será um que é levar a Taça para Guimarães. A concentração está no máximo. O que nos trouxe até aqui, porque fizemos um campeonato fantástico, foi a nossa responsabilidade ao longo da época”, referiu.

“Não é normal este apoio que temos tido. É um clube único e a melhor vitamina para o jogo de amanhã é saber que cada um de nós pode contribuir um pouco para uma felicidade enorme do povo de Guimarães. Mais do que as palavras é termos a noção de que podemos contribuir para uma imensa alegria. Isto tem de tocar. Isto toca. E eles (os meus colegas) sentem isso”, acrescentou.

Largo do Toural. Foto: CM Guimarães

O encontro entre Vitória e Benfica tem início marcado para as 17:15 horas. Na cidade, foi preparado um estádio ao ar livre, no emblemático Largo do Toural, onde milhares de vimaranenses vão poder assistir, através de um ecrã gigante, à final da Taça de Portugal, recuperando o lema de 2013, ano em que o Vitória conquistou a primeira Taça de Portugal – “O Toural é o nosso Jamor”.

Anúncio

Futebol

Fábio Martins (Famalicão) e Galeno (Braga) entre os três melhores avançados de outubro e novembro

Duo minhoto ficou atrás de Carlos Vinícius, do Benfica

em

Carlos Vinícius, do SL Benfica, foi eleito pelos treinadores principais da Liga NOS como o melhor avançado da competição, nos meses de outubro e novembro.

O avançado dos encarnados apontou cinco golos, somando, ainda, uma assistência, nos cinco encontros disputados durante os últimos dois meses.

Com 47,86% dos votos, o brasileiro assegurou a distinção, seguido de Fábio Martins (FC Famalicão) com 14,53% e de Galeno (SC Braga) com 9,40%.

Continuar a ler

Futebol

Liga Europa: Sacko, Tapsoba e Evangelista de fora dos convocados do Vitória

Última jornada do grupo F

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO (Arquivo)

Os futebolistas Sacko, Tapsoba e Lucas Evangelista, regularmente utilizados pelo Vitória SC na Liga Europa de futebol, vão falhar o sexto e último jogo do grupo F, na Alemanha, diante do Eintracht Frankfurt, na quinta-feira.

O lateral direito Sacko, que falhou a convocatória por opção do treinador Ivo Vieira, o central Tapsoba, castigado com três cartões amarelos na fase de grupos, e o médio brasileiro, que esteve com fadiga muscular nos últimos dias, não integraram a comitiva vitoriana de 19 jogadores que partiu hoje do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, para Frankfurt.

Também o médio André Almeida, de 19 anos, titular na terceira jornada, em Londres, frente aos ingleses do Arsenal (derrota lusa por 3-2), está de fora da lista, devido a uma situação de fadiga muscular.

A convocatória para o duelo com o Eintracht marca, em sentido inverso, os regressos do central ucraniano Bondarenko, após uma ausência causada pela fratura de um dos dedos da mão, e do ponta de lança brasileiro Bruno Duarte, de novo operacional após ter contraído uma entorse no tornozelo esquerdo na jornada anterior, com os belgas do Standard de Liège (1-1).

Nos instantes que antecederam o voo para a Alemanha, o responsável pelas relações públicas do clube, Neno, realçou, aos jornalistas presentes, que os vimaranenses, apesar de arredados da Liga Europa, querem vencer para ‘curar’ o “orgulho ferido” de não terem alcançado qualquer triunfo nos desafios anteriores.

O Vitória, quarto e último classificado do grupo F, com dois pontos, defronta os alemães do Eintracht Frankfurt, segundos, com nove, num jogo agendado para as 17:55 de Lisboa, no Estádio Commerzbank, em Frankfurt, com arbitragem do lituano Gediminas Mazeika.

A lista de 19 convocados:

– Guarda-redes: Douglas, Miguel Silva e Miguel Oliveira.

– Defesas: Victor Garcia, Pedro Henrique, Frederico Venâncio, Bondarenko, Florent e Rafa Soares.

– Médios: Mikel Agu, Al Musrati, Pepê e Dénis Poha.

– Avançados: Rochinha, Marcus Edwards, Davidson, André Pereira, Bruno Duarte e Léo Bonatini.

Continuar a ler

Futebol

Liga Europa: Eintracht quer encerrar fase negativa com triunfo sobre o Vitória

Última jornada do grupo F

em

Foto: Twitter (Arquivo)

O treinador Adi Hütter disse, esta quarta-feira, que os alemães do Eintracht Frankfurt precisam de derrotar o Vitória de Guimarães, não só para seguirem em frente na Liga Europa de futebol, mas também para corrigirem os resultados recentes.

Segundo classificado do grupo F, com nove pontos, o semifinalista da edição anterior da Liga Europa depende apenas de si para se apurar para a fase seguinte, no jogo da sexta e última jornada, com início às 17:55 de quinta-feira, em casa.

O técnico lembrou que o triunfo sobre os portugueses, além de necessário para manter a esperança de repetir a última participação europeia, pode também ser um ‘antídoto’ para o ciclo que a equipa vive na liga alemã, na qual registou três derrotas e um empate nos últimos quatro jogos e caiu para a 11.ª posição, com 18 pontos, após 14 rondas.

“O objetivo é vencer e chegar à fase a eliminar. Aí, podemos novamente conseguir algo grande para o clube. Esse sentimento de conquista pode ser uma ‘faísca’ para melhorarmos nos últimos jogos deste ano [de 2019]”, disse o treinador austríaco, em conferência de imprensa.

Hütter reconheceu que a equipa onde alinham os avançados portugueses Gonçalo Paciência e André Silva poderia acusar “algum medo e ansiedade” caso tivesse perdido na receção ao Hertha de Berlim (2-2), na jornada anterior do campeonato, mas mostrou-se convicto numa “boa resposta” dos seus pupilos.

Apesar de o Vitória ser o quarto e último classificado do grupo, com dois pontos, e estar já eliminado da competição, o treinador disse que espera encontrar um conjunto “tecnicamente bom”, que vai querer “dar uma boa imagem”, à semelhança dos jogos anteriores da prova.

“A primeira mão em Guimarães não foi fácil. Portanto, também não será uma tarefa fácil amanhã [quinta-feira]. O Vitória também mostrou o que pode fazer frente ao Arsenal. Temos que dar tudo para conseguir vencer”, advertiu André Silva.

O Eintracht disputa ainda um lugar na próxima fase com o Standard de Liège, formação belga que ocupa o terceiro lugar do grupo, com sete pontos, e que vai receber na quinta-feira os ingleses do Arsenal, líderes, com 10, mas o técnico austríaco “quer vencer e não esperar” pelo desfecho do outro embate.

O Eintracht Frankfurt, segundo classificado do grupo F, com nove pontos, recebe o Vitória de Guimarães, quarto e último classificado, com dois, num jogo agendado para as 17:55 (hora de Lisboa), no Estádio Commerzbank, em Frankfurt, com arbitragem do lituano Gediminas Mazeika.

Continuar a ler

Populares