Seguir o O MINHO

Futebol

Vitória entra a ganhar na Taça da Liga

Na Covilhã

em

Foto: Vitória SC / Facebook

O primodivisionário Vitória SC venceu hoje, com dois golos de Janvier, o Sporting da Covilhã, da II Liga de futebol, na ronda inaugural do Grupo A na Taça da Liga, que integra também o Benfica.

A formação orientada por Wender Said entrou melhor na partida, mas foi perdulária e Nicolas Janvier, em três minutos, entre os 25 e 28, carimbou o resultado final.

Vindo de três empates no campeonato, Pepa fez seis alterações no ‘onze’ inicial dos vimaranenses, frente ao emblema serrano, há quatro jogos sem vencer e com quatro novidades na equipa titular em relação ao último encontro.

Os ‘leões da serra’ entraram com maior ímpeto, mais atrevidos, ‘encostando’ os minhotos ao seu reduto e nos primeiros minutos criaram ocasiões para marcar, mas faltou-lhes eficácia.

Logo aos oito minutos o Covilhã teve oportunidade soberana para inaugurar o marcador, quando Arnold, a passe de Teague, se isolou e, sozinho frente a Varela, atirou a rasar o poste.

Aos 11, na sequência de um canto, André Almeida falhou o alvo num toque de calcanhar, no minuto seguinte Jô rematou rasteiro para as mãos do guardião visitante e, ao minuto 14, Ahmed tentou o ‘chapéu’ a Varela, que estava atento.

Depois de um primeiro quarto de hora com alguns momentos de sufoco, os vimaranenses reagiram, passaram a ter mais a bola, a pressionar mais, e criaram desequilíbrios, sobretudo pelo corredor direito, chegando à vantagem com dois golos marcados em três minutos.

Em resposta a um canto marcado por Rochinha, Nicolas Janvier, com espaço à entrada da área, rematou forte para o fundo das redes, ao minuto 25.

Logo depois Alfa Semedo cabeceou por cima da barra e, aos 28 minutos, Rochinha fez um cruzamento atrasado, a bola atravessou a área e o atacante francês, perante a permissividade serrana, teve tempo para ajeitar, rematar colocado e ‘bisar’ na partida.

Antes do intervalo, Ahmed podia ter reduzido, mas hesitou e não conseguiu concretizar a investida.

No segundo tempo, que continuou com vento forte, o jogo perdeu intensidade, qualidade e as ocasiões de golo escassearam. O Vitória de Guimarães limitou-se a gerir o resultado, preocupou-se em não dar espaço aos serranos e só de longe os ‘leões da serra’ tentaram o remate.

A melhor oportunidade do Sporting da Covilhã aconteceu já perto do apito final, aos 87 minutos, quando Jô, solicitado por Jean Felipe, na pequena área, cabeceou com perigo, mas Varela negou-lhe o golo.

Ficha de Jogo

Jogo realizado no Estádio Santos Pinto, na Covilhã.

Sporting da Covilhã – Vitória S : 0-2.

Ao intervalo: 0-2.

Marcadores:

0-1, Nicolas Janvier, 25 minutos.

0-2, Nicolas Janvier, 28 minutos.

Equipas:

– Sporting da Covilhã: Léo Navachio, Jean Felipe, Helitão, André Almeida (Joel Vital, 69), David Santos, Ryan Teague (Thiago Moraes, 70), Frank Angong, Ahmed Isaiah (Diego Medeiros, 86), Arnold (Ricardo Vaz, 83), Devid Silva (Diogo Almeida, 70) e Jô.

(Suplentes: Bruno Bolas, Tiago Moreira, Joel Vital, Lucas Barros, Jorge Vilela, Thiago Moraes, Diego Medeiros, Ricardo Vaz e Diogo Almeida).

Treinador: Wender Said.

– Vitória SC: Bruno Varela, João Ferreira (Sílvio, 81), Borevkovic, Amaro, Hélder Sá, Alfa Semedo, Nicolas Janvier (Gui, 80), André Almeida (André André, 72), Rochinha (Marcus Edwards, 80), Ruben Lameiras, Bruno Duarte (Estipiñan, 72).

(Suplentes: Matous Trmal, Rafa Soares, Abdul Mumim, Marcus Edwards, André André, Oscar Estipiñan, Gui, Sílvio e Händel).

Treinador: Pepa.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Viana do Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Bruno Duarte (62), André André (90), Thiago Moraes (90), Gui (90+02), Jean Felipe (90+03).

Assistência: Cerca de 350 espetadores.

Populares