Seguir o O MINHO

Futebol

Vitória em Setúbal mantém SC Braga à espreita

26.ª jornada da I Liga

em

Foto: Divulgação / SC Braga

O SC Braga recuperou hoje o terceiro lugar e aproximou-se dos líderes Benfica e FC Porto, ao vencer na casa do Vitória de Setúbal, por 1-0, em jogo da 26.ª jornada da I Liga de futebol.

O golo que valeu o triunfo no Estádio do Bonfim foi marcado, aos 35 minutos, por Murilo na recarga a um remate de Dyego Sousa ao poste esquerdo da baliza dos sadinos, que somaram a 15.ª jornada sem vencer na prova.

Os bracarenses entraram melhor no jogo, que teve José Mourinho, ex-treinador dos ingleses do Manchester United a assistir, quase marcaram, aos cinco minutos, por intermédio de Ricardo Horta que, assistido por Murilo, viu o defesa Artur Jorge travar em carrinho o remate que levava a direção da baliza de Makaridze.

Com o dobro dos remates do oponente no primeiro tempo (oito contra quatro), os sadinos tiveram no guardião Tiago Sá um muro intransponível. Aos seis e sete minutos, Jhonder Cádiz e Nuno Valente, respetivamente, testaram a atenção do guarda-redes.

Resumo do Vitória de Setúbal-SC Braga em 60 segundos

Com a partida a ser jogada a bom ritmo, os lances de perigo sucediam-se junto de ambas as balizas. Aos 16 minutos, uma perda de bola de Nuno Valente para Murilo permitiu que o brasileiro Murilo cruzasse para o compatriota Fransérgio, que chegou atrasado à emenda.

A precisar com urgência de pontos para fugir aos lugares de descida, o Vitória de Setúbal voltou a ameaçar marcar em remates de Nuno Valente e Jhonder Cádiz (23 e 25 minutos) que voltaram a ser defendidos por Tiago Sá.

Mais eficaz, o SC Braga chegou ao 1-0, aos 35 minutos. Assistido por Murilo, Dyego Sousa remata ao poste esquerdo e, rápido a posicionar-se no interior da área, Murilo, sozinho, empurrou, sem oposição, para o golo dos minhotos.

Até ao intervalo, apenas um disparo de Mano do meio da rua, aos 41 minutos, trouxe emoção ao encontro. O resultado do lance foi o mesmo que se tinha verificado até aí com mais uma defesa atenta de Tiago Sá a segurar a vantagem da sua equipa.

No segundo tempo, o Vitória de Setúbal lançou-se na busca do empate, mas todas as tentativas revelaram-se infrutíferas. Aos 66 minutos, os adeptos presentes no Bonfim gritaram golo, após remate de Allef (substituiu Rúben Micael aos 59 minutos), mas o lance foi invalidado por fora de jogo.

Os minhotos, que testaram a atenção de Makaridze num remate de Dyego Sousa (55 minutos), agarraram-se à vantagem e sofreram a bom sofrer para a segurar o 1-0 até ao apito final. Aos 90+2 e 90+3, valeu à equipa de Abel Ferreira, o guardião Tiago Sá que travou remates de Kigi Sekgota e Allef, respetivamente.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio do Bonfim, em Setúbal.

Vitória de Setúbal-SC Braga, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcador:

0-1, Murilo, 35 minutos.

Equipas:

– Vitória de Setúbal: Makaridze, Mano, Artur Jorge, Vasco Fernandes, André Sousa, José Semedo, Nuno Valente, Rúben Micael (Allef, 59), Éber Bessa (Kigi Sekgota, 86), Berto (Zequinha, 74) e Jhonder Cádiz.

(Suplentes: Cristiano, Cascardo, Baba Fernandes, Zequinha, Kigi Sekgota, Allef e Mendy.

Treinador: Sandro Mendes.

“Sabemos para onde queremos ir”

– SC Braga: Tiago Sá, Marcelo Goiano, Bruno Viana, Raul Silva (Pablo Ryler, 70), Sequeira, João Palhinha, Claudemir, Murilo, Ricardo Horta (João Novais, 70), Fransérgio e Dyego Sousa (Paulinho, 81).

(Suplentes: Marafona, Pablo Ryller João Novais, Xadas, Esgaio e Paulinho.)

Treinador: Abel Ferreira.

Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Claudemir (72), Marcelo Goiano (77) e Allef (84).

Assistência: cerca de 5.000 espectadores.

 

Notícia atualizada às 18h59 com mais conteúdo

Anúncio

Futebol

Alex Pinto e Juan Villa regressam aos convocados do Gil Vicente

Jogo com o Braga

em

Foto: Gil Vicente FC

Os regressos do defesa Alex Pinto e do médio Juan Villa constituem as novidades nos convocados do Gil Vicente para a receção ao Sporting Clube (SC) de Braga, no domingo, da terceira jornada da I Liga de futebol.

Alex Pinto, habitual dono da lateral-direita do emblema barcelense, falhou a deslocação ao terreno do Moreirense na última jornada (derrota por 3-0) devido a uma amigdalite, enquanto o centrocampista colombiano ainda procura os primeiros minutos oficiais na temporada.

Os dois futebolistas substituem o defesa Kellyton e o avançado Erick, que não constam do boletim clínico dos minhotos, ao contrário dos médios Bogdan Mladenovic e Claude Gonçalves.

O Gil Vicente, 11.º colocado, com três pontos, recebe o Braga, na nona posição, com o mesmo número de pontos em seis possíveis, no domingo, a partir das 20:30, no Estádio Cidade de Barcelos.

Lista dos 18 convocados:

– Guarda-redes: Wellington e Denis.

– Defesas: Alex Pinto, Rodrigo, Arthur, Vente, Rúben Fernandes e Nogueira.

– Médios: Soares, João Afonso, Juan Villa, Leonardo, Kraev e Ahmed Isaiah.

– Avançados: Lourency, Naidji, Samuel Lino e Sandro Lima.

Continuar a ler

Futebol

Sá Pinto espera em Barcelos dificuldades semelhantes às do FC Porto

Antevisão

em

Foto: DR / Arquivo

Ricardo Sá Pinto anteviu este sábado que o Sporting Clube (SC) de Braga vai ter em Barcelos dificuldades semelhantes às que o FC Porto sentiu, mas garantiu uma equipa para vencer, domingo, na terceira jornada da I Liga de futebol.

O Gil Vicente derrotou os ‘dragões’, em casa, na primeira jornada (2-1) e, também por isso, o treinador dos bracarenses está avisado.

“Prevejo um jogo difícil ao nível do que o FC Porto teve e que eles ganharam com muita alma e ambição”, afirmou.

Depois desse triunfo caseiro, o Gil Vicente perdeu com o Moreirense por 3-0, na ronda seguinte, mas Sá Pinto diz esperar um adversário com a postura do primeiro jogo.

“Vai ser difícil ganhar, mas esse é o nosso objetivo, espero que não haja casos. A nossa ambição é igual à dos nossos adeptos que, segundo sei esgotaram os bilhetes que lhes estavam reservados”, disse.

O treinador elogiou o Gil Vicente, “uma equipa histórica, que voltou à I Liga depois de muita luta e que faz dos seus jogos em casa a sua força porque galvaniza-se e é muito apoiada pelos seus adeptos”.

Os bracarenses jogaram quinta-feira com o Spartak de Moscovo, na primeira mão do ‘play-off’ de acesso à Liga Europa (vitória por 1-0) e vão fazer no domingo, diante do Gil Vicente, o sexto jogo em 17 dias.

“Sem dúvida que a sobrecarga de jogos não permite estar ao nível que queríamos, mas temos um plantel vasto e tenho várias opções para cada lugar. Dentro das características do jogo e da nossa equipa, vamos escolher uma equipa que achamos que está preparada”, disse o técnico.

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, fez questão de incluir, no sábado, o Braga no lote de candidatos ao título, mas Sá Pinto rejeitou essa ideia.

“Agradeço ao Sérgio os elogios que fez à nossa equipa, fico muito honrado, mas quem estabelece os objetivos neste clube é o presidente e o treinador e eles já foram ditos várias vezes e não foram alterados. Enquanto eu cá estiver, serão sempre os mesmos até ao final”, afirmou.

O avançado Rui Fonte é o mais recente reforço dos bracarenses, naquele que é um regresso ao clube.

“É um jogador que conhece a nossa Liga e o nosso clube, já cá ganhou uma Taça de Portugal, tem experiência e mentalidade guerreira, pelo que tem todas as características e perfil para fazer parte deste clube”, avaliou.

A disponibilidade de Pablo, que saiu com queixas no jogo de quinta-feira, ainda é dúvida para tirar no treino que se seguiu à conferência de imprensa de antevisão.

SC Braga, nono classificado, com três pontos, e Gil Vicente, 11.º, também com três, defrontam-se no domingo, às 20:30, no Estádio Cidade de Barcelos.

Continuar a ler

Futebol

Depois de ‘pescar’ em Valência, Famalicão garante avançado do Milan

Tiago Dias a caminho de Famalicão

em

Foto: AC Milan

Tiago Dias, avançado de 21 anos que alinha nos italianos do AC Milan, é a mais recente contratação do FC Famalicão para atacar a permanência na I Liga.

Segundo o jornal A BOLA, os famalicenses asseguraram a contratação do jogador que, na temporada passada, esteve cedido ao SC Braga, onde alinhou na equipa B.

O avançado/extremo polivalente, formado no Sporting e no Benfica e que chegou a Milão em 2016, marcou três golos em 12 jogos pela equipa B do Braga, que não exerceu a opção de compra acordada com o Milan.

Os contornos do negócio com o Famalicão ainda não são conhecidos mas é público que o acordo entre Benfica e Milan assegura uma percentagem de 30% para os campeões nacionais.

Esta é já a segunda contratação sonante dos famalicenses, depois da aquisição de Uros Racic ao Valência por empréstimo.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares