Vitória bate Gil Vicente e segura quinto lugar

O Vitória SC segurou hoje o quinto lugar da I Liga portuguesa de futebol, que tinha perdido provisoriamente para o Arouca, ao bater em casa o Gil Vicente por 1-0, em encontro da 33.ª e penúltima ronda.

Um golo do suplente brasileiro Anderson, aos 90+3 minutos, selou o quarto triunfo consecutivo do ‘onze’ de Moreno, perante o 14.º colocado, com 34 pontos.

O Vitória passou a contar 53 pontos, contra 51 do Arouca, sexto, sendo que na última jornada as duas formações vão decidir qual entra na segunda pré-eliminatória da Liga Conferência Europa e qual arranca apenas na terceira.

Na sequência de uma recuperação no meio-campo, os anfitriões saíram em velocidade para o ataque e Anderson, servido por Zé Carlos, atirou para o fundo das redes, num lance em que a bola cortada por Tomás Araújo tabelou na sua perna e dirigiu-se para a baliza, embatendo ainda no poste esquerdo antes de valer um golo, aos 90+3 minutos, muito celebrado pela maioria dos 22.733 espetadores presentes no último jogo da época no Estádio D. Afonso Henriques.

Já apurada para a fase das pré-eliminatórias da Liga Conferência Europa, a equipa vimaranense alcançou pela primeira vez quatro vitórias seguidas no campeonato e está de novo na quinta posição, com 53 pontos, mais dois do que o sexto, Arouca, à partida para a 34.ª e derradeira jornada, em que os vitorianos vão defrontar o FC Porto e os arouquenses o Portimonense.

Com três novidades na defesa – Zè Carlos, Né Lopes e Henrique Gomes – e duas no meio-campo – Vítor Carvalho e Aburjania -, o Gil Vicente apresentou-se ofensivo em Guimarães, com um futebol apoiado e várias incursões à área vitoriana, mas a primeira ocasião de golo pertenceu aos anfitriões, num remate da Jota Silva ao poste, ao minuto 11.

Os gilistas protagonizaram dois remates perigosos nos 45 minutos iniciais, ambos por Bilel, um deles a rasar o poste esquerdo, aos 15, mas a equipa de Guimarães criou mais lances de relevo, apesar do jogo mais direto, à procura da velocidade dos extremos nos espaços vazios, até para contornar a pressão alta dos barcelenses.

Jota Silva rematou para defesa de Andrew ao minuto 27, antes de Tiago Silva atirar para nova intervenção do guardião brasileiro, na recarga, de fora da área, e André Silva e Ibrahima Bamba cabecearam ao lado em posição frontal à baliza, aos minutos 34 e 37, respetivamente.

O duelo perdeu ritmo e qualidade na segunda metade do encontro, com lances ofensivos quase sempre inconsequentes de parte a parte e várias pausas para assistência a jogadores caídos no relvado.

A intensidade e a emoção só regressaram no último quarto de hora da partida, com o Vitória a acercar-se da baliza e a ameaçar o golo inaugural num lance em que Anderson recupera a bola na área gilista e remata para defesa de Andrew, ao minuto 87, antes de marcar mesmo o seu quinto golo na I Liga, uma volta depois do golo anterior, na derrota por 2-1 frente aos ‘galos’, da 16.ª ronda.

Com o desaire consumado nos descontos, a formação de Barcelos manteve o 14.º lugar, com 34 pontos, antes de receber o Casa Pia na 34.ª e derradeira ronda.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória SC – Gil Vicente, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, Anderson Silva, 90+3 minutos.

Equipas:

– Vitória SC: Bruno Varela, André Amaro, Ibrahima Bamba, Mikel Villanueva, Bruno Gaspar (Miguel Maga, 31), Tomás Händel (Zé Carlos, 74), Tiago Silva (Dani Silva, 46), Afonso Freitas (Nélson da Luz, 34), Jota Silva (Anderson Silva, 75), Mikey Johnston e André Silva.

(Suplentes: Rafa, Miguel Maga, Tounkara, Jorge Fernandes, Zé Carlos, Dani Silva, Nélson da Luz, Anderson Silva e Alisson Safira).

Treinador: Moreno.

– Gil Vicente: Andrew Silva, Zé Carlos (Carraça, 83), Né Lopes, Tomás Araújo, Henrique Gomes (Adrían Marín, 83), Vítor Carvalho, Aburjania (Roan Wilson, 78), Fujimoto, Murilo (Boselli, 78), Bilel (Kevin Medina, 61) e Fran Navarro.

(Suplentes: Brian Araújo, Carraça, Rúben Fernandes, Gabriel Pereira, Adrían Marín, Roan Wilson, Kevin Medina, Boselli e Laurindo Depú).

Treinador: Daniel Sousa.

Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bilel (45+4), Nelson da Luz (46), André Silva (50), Anderson Silva (90+5) e Vítor Carvalho (90+12).

Assistência: 22.733 espetadores.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

É este o touro que vai ser solto em Ponte de Lima para a Vaca das Cordas

Próximo Artigo

Mulher parte perna durante caminhada no Gerês

Artigos Relacionados
x