Vítor Bruno é o novo treinador do FC Porto

Foi adjunto de Conceição no Braga e Vitória
Foto: DR

O treinador Vítor Bruno chegou a acordo com o FC Porto para comandar a equipa da I Liga portuguesa de futebol nas próximas duas épocas, substituindo Sérgio Conceição, revelou hoje à agência Lusa fonte ligada ao processo.

A mesma fonte referiu que as duas partes aceleraram as negociações nas últimas horas, tendo em vista a assinatura de um vínculo extensível até junho de 2026, que será formalizado na sexta-feira, no Estádio do Dragão, no Porto, em horário a definir, numa sessão com a presença do presidente portista André Villas-Boas.

Vítor Bruno, de 41 anos, tinha sido adjunto dos ‘dragões’ nas últimas sete temporadas e estreia-se agora como treinador principal, na sequência de uma polémica e mediatizada rutura laboral com Sérgio Conceição, cujo percurso técnico acompanhou desde o início.

Antes de reerguer o FC Porto – que vinha de quase cinco anos consecutivos sem êxitos, mas conquistou 11 troféus a partir de 2017/18, incluindo três campeonatos -, essa dupla teve experiências com Olhanense (de 2012 a 2013), Académica (2013 a 2014), SC Braga (2014/15), Vitória SC (2015/16) e os franceses do Nantes (2016/17).

Vítor Bruno chegou a orientar os ‘dragões’ a partir do banco em 17 jogos, face a diversas ausências de Sérgio Conceição por suspensão, com um saldo imbatível de 15 vitórias e dois empates – somou 13 pontos em 15 possíveis em cinco rondas da I Liga em 2023/24.

Natural de Coimbra, o novo treinador do FC Porto estreou-se nas funções de adjunto em 2009, ao leme dos angolanos do 1.º de Agosto, na companhia do seu pai, Vítor Manuel – cujo currículo ostenta 511 partidas como treinador principal na I Liga, entre 1984 e 2002.

Vítor Bruno deixava para trás uma modesta carreira como futebolista, sendo que voltaria em definitivo a Portugal para coadjuvar Augusto Inácio na então primodivisionária e já extinta Naval 1.º de Maio, em 2009/10, ou no Leixões, do segundo escalão, em 2010/11.

O ex-adjunto emancipa-se agora a solo e será apresentado pelo FC Porto, terceiro classificado da última edição da I Liga, na sexta-feira, quatro dias depois de a SAD ‘azul e branca’ ter oficializado a saída de Sérgio Conceição, que rescindiu de forma unilateral o contrato rubricado por mais quatro épocas, até 2028.

Essa última renovação do ex-internacional português e recordista de jogos (379), vitórias (274) e troféus (11) como técnico dos ‘dragões’ tinha sido revelada em 25 de abril, a dois dias da histórica derrota de Pinto da Costa, então presidente há 42 anos e 15 mandatos, frente ao atual líder André Villas-Boas nas eleições mais disputadas de sempre do clube.

O contrato em vigor terminará em 30 de junho, sendo que Sérgio Conceição, de 49 anos, abandona o FC Porto na companhia do adjunto Siramana Dembélé, dos treinadores de guarda-redes Diamantino Figueiredo e Vedran Runje ou do fisiologista Eduardo Oliveira.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Bugalho foi a Esposende alertar para o problema da erosão costeira

Próximo Artigo

Investigadores potenciam descoberta de novas terapias para doenças autoimunes

Artigos Relacionados
x