Seguir o O MINHO

Braga

Vilar da Veiga de luto após tragédia com jovem filho da freguesia

Terras de Bouro

em

João Pedro Pinto Príncipe, de 22 anos, foi reparar um cabo de um poste de média tensão que entrava em contacto com uma videira, esta tarde de sexta-feira, em Pereiró, na freguesia de Vilar da Veiga, de onde é natural. Cerca de 40 centímetros de falta de proteção no cabo poderão ter sido suficientes para ditar um desfecho trágico para o jovem trabalhador.

João Pedro, filho do presidente da Junta de Vilar da Veiga, subiu uma escada, de altura de cerca de um metro e meio, para proceder ao trabalho. Quando foi encontrado, já estava no chão, em paragem cardiorrespiratória e com sinais evidentes de que teria sido atingido por uma poderosíssima descarga elétrica.

Os socorristas da Cruz Vermelha de Rio Caldo acorreram rapidamente ao local, procedendo às primeiras manobras de reanimação. Seguiram-se os médicos do INEM. Mas João Pedro já não estava entre os vivos e não conseguiria recuperar. O óbito foi declarado ali mesmo, na mesma freguesia de onde era natural. A família e os amigos que acorreram ao sítio da tragédia foram assistidos pela equipa de psicólogos do INEM.

A data para as cerimónias fúnebres ainda não foram reveladas, mas são já muitos os comentários de luto por parte da população de Vilar da Veiga, situada dentro do Parque Nacional da Peneda-Gerês, chocada com a morte de um jovem da freguesia.

Notícia atualizada às 23h46 com correção do nome da empresa onde a vítima trabalhava.

Populares