Seguir o O MINHO

Braga

Vila Verde prepara 40 quilómetros de trilhos nos montes ‘encantados’ da Nóbrega

Caminhadas

em

Foto: Armando Carriça / Arquivo

A constituição oficial dos trilhos de Aboim da Nóbrega, Gondomar e Santo António de Mixões da Serra, em Vila Verde, está a decorrer “em bom ritmo”, no sentido de potencializar 40 quilómetros de traçado pela zona Norte do concelho, foi hoje divulgado.

Inseridos no novo Plano Municipal de Trilhos, os “Trilhos da Nóbrega” espalham-se numa extensão de 40 quilómetros divididos, nesta fase, em três percursos: Trilho Vale Suspenso do Vade, Trilho do Fojo do Lobo e Trilho de Mixões.

Os trilhos, que estiveram a ser remarcados e vão ser alvo de sinalética homologada pela Federação de Montanhismo e Caravanismo, são já há vários anos utilizados em caminhadas organizadas por Domingos Costa, do Parque de Campismo e Caravanismo Rural de Aboim da Nóbrega, e por Armando Carriça, atraindo mais de 10 mil pessoas ao longo dos últimos cinco anos.

Artesão trabalha a 800 metros de altura entre Vila Verde e Ponte da Barca

O presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela visitou as obras em curso e destacou que as mesmas “seguem em bom ritmo e vão dotar aquela idílica zona do Norte do território concelhio de uma infraestrutura com excelentes condições para a realização de caminhadas em comunhão coma natureza”.

A intervenção envolve a definição de novos traçados, reabilitação e ou reabertura de troços já existentes, regularização do piso, limpeza de vegetação e estabelecimento da sinalética robusta.

Segundo António Vilela, “Vila Verde, com este Plano Municipal de Trilhos, irá promover uma maior equidade territorial, construindo e requalificando acessibilidades em sede de excelência ambiental e contexto turístico, no sentido de inverter a tendência para o isolamento das zonas rurais mais periféricas e de promover o tão necessário rejuvenescimento da população”.

Este Plano integrado pretende “potenciar a valorização e qualificação do espaço rural, conciliando a reabilitação de caminhos antigos de floresta, de montanha e das proximidades das zonas ribeirinhas com corredores mais urbanos, nomeadamente ciclovias e passadiços”.

Entre as obras em curso destacam-se as ecovias do Homem/Cávado, nomeadamente, Faial/Mirante e Mirante/Porto Carrero, os  O Plano Municipal prevê ainda uma rede de trilhos ribeirinhos (rios Neiva e Vade e ribeiras da Cabra, Tojal, Febros, Poriço), o trilho de Enduro, as rotas BTT, o trilho equestre D. João de Aboim e trilhos pedestres de montanha.

EM FOCO

Populares