Seguir o O MINHO

Braga

Vila Verde amplia Parque Industrial de Gême

Candidatura aprovada

em

Foto: Divulgação / CM Vila Verde

A Câmara de Vila Verde viu aprovada a candidatura ao programa Norte 2020 para ampliação do Parque Industrial de Gême, que vai permitir a da área de acolhimento empresarial, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a autarquia explica que o projeto contempla uma área a infraestrutura de 30.201m2 e vem “acrescentar um importante valor ao Parque Industrial de Gême criando a possibilidade de instalação de novos projetos empresariais”.

A intervenção prevista vai viabilizar a ligação e continuação da malha viária existente, estando previstos oito novos lotes que ocuparão uma área de 24.345m2.

Ao nível do parcelamento do território, a Câmara optou pela “criação de lotes de maiores dimensões capazes de cativar e acomodar empresas de superior dimensão, indo ao encontro da crescente procura de mercado”.

De acordo com o presidente da Câmara, António Vilela, “esta ampliação é extremamente importante pela procura crescente de novos projetos de investimento uma vez que o município não dispõe neste momento de qualquer terreno industrial que permita responder às solicitações”.

“O Município de Vila Verde que, nos últimos anos, atraiu projetos e investimentos empresariais sem precedentes, por isso, vê, com a aprovação desta candidatura para ampliação do Parque Industrial de Gême, reforçada a sua capacidade para acolher empresas de maiores dimensões que irão criar um número significativo de postos de trabalhos e catalisar a economia concelhia”, afirma o autarca, citado no comunicado.

Viela afirma ainda que “a zona Norte do concelho está a ser alvo de uma transformação com a instalação de grandes projetos empresariais e que o município para colmatar as dificuldades com as acessibilidade que estão fortemente condicionadas pelo congestionamento de trânsito na EN 101 e pelo atravessamento da sede do concelho se encontra a desenvolver alternativas que promovam uma melhor mobilidade entre as quais se destacam a reabilitação de que estão a ser alvo vias municipais e a construção de uma alternativa nascente, eixo Norte – Sul que já se encontra iniciado”.

Populares