Seguir o O MINHO

Braga

Viatura do corpo de intervenção da PSP apedrejada nos festejos do SC Braga

Polícia investiga

em

Foto: O MINHO

A PSP está a investigar o apedrejamento, em Braga, de uma das viaturas do seu Corpo de Intervenção, que ficou com os vidros partidos, em desacatos relacionados com os festejos da conquista da Taça de Portugal pelo SC Braga.

No domingo, Operacionais da Força Destacada do Corpo de Intervenção/Unidade Especial de Polícia, baseados no Comando Metropolitano do Porto da Polícia de Segurança Pública, estiveram em Braga a reforçar o Comando Distrital da PSP de Braga.

Foto: O MINHO

Segundo apurou O MINHO, os apedrejamentos só não terão ferido nenhum agente policial porque naquele momento não estava nenhum polícia naquela parte do veículo, na madrugada de domingo, quando foram arremessadas pedras contra a viatura da PSP do Porto.

Estão em causa, para além de crimes de dano, ofensas contra os agentes da autoridade, já que o ato foi cometido quando os polícias tentavam evitar ao máximo a aproximação dos adeptos do SC Braga festejavam a vitória, no âmbito das medidas de contenção da pandemia de covid-19.

Centenas de adeptos do SC Braga juntaram-se, no domingo à noite e madrugada de segunda, no centro da ‘cidade dos Arcebispos’ para celebrar a conquista da Taça de Portugal, após vitória sobre o Benfica, por 2-0.

As autoridades policiais chegaram a cortar o acesso a viaturas à Avenida Central, de forma a evitar problemas com o trânsito.

Como O MINHO noticiou, durante os festejos, a PSP deteve dois adeptos por posse e deflagração de engenhos pirotécnicos. Um deles, de 32 anos, arremessou mesmo um engenho pirotécnico em direção a uma mota da polícia na Avenida 31 de Janeiro.

Populares