Seguir o O MINHO
[the_ad id='438601']

Viana do Castelo

Viana lança campanha de educação cívica para travar atropelamentos no centro urbano

em

Foto: DR/Arquivo

O presidente da Câmara de Viana do Castelo anunciou esta quinta-feira o início, em 2018, de uma campanha “forte” de educação cívica para travar o aumento de atropelamentos na zona urbana, que disse ser uma tendência nacional. 

“Em 2018 vamos lançar com uma campanha forte de educação cívica, acompanhada da realização de pequenas intervenções de melhoria da sinalização, da iluminação em locais onde há atravessamentos para peões para garantir mais segurança”, referiu José Maria Costa, no final da reunião camarária do executivo.

Questionado pelos jornalistas, a propósito dos dois atropelamentos registados, esta semana, em pleno centro da cidade, de que resultou uma vítima mortal, um homem de 90 anos, o autarca socialista, adiantou “os números nacionais divulgados pela Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP) indicam que os acidentes rodoviários têm aumentado, dentro das áreas urbanas e, em especial, os atropelamentos em passadeiras”.

“Há um trabalho de formação de educação para a cidadania que é preciso fazer”, frisou, adiantando que o orçamento da câmara para 2018, aprovado pela maioria socialista, prevê a criação de um plano municipal de segurança rodoviária.

“Já temos algum trabalho feito. Temos a colaboração da PRP e vamos ter Clube Minho Clássico a dar apoio técnico no âmbito desse plano. Acima de tudo há um problema de educação, de respeito pela sinalização e pelas dificuldades das pessoas mais idosas”, frisou.

Populares