Viana: Empresa de válvulas investe 1,8 milhões em nova fábrica

Valforjado
Foto: Valforjado

A empresa de produção de válvulas Valforjado, sediada em Chafé, Viana do Castelo, vai investir 1,847 milhões de euros numa nova fábrica. O objetivo é chegar a novos mercados internacionais, prevendo aumentar de 13 para 19 o número de trabalhadores.

O executivo municipal aprovou, esta terça-feira, por unanimidade, a isenção de pagamento de taxas devidas pelo licenciamento da operação urbanística – processo de obras 222/23 LEI – bem como demais taxas que sejam devidas por alterações/aditamentos ao projeto, exceto as taxas de compensação, nos termos previstos no Regulamento Municipal de Reconhecimento de Benefícios Fiscais associados aos Impostos Municipais e Incentivos à Atividade Económica.

Em comunicado, a autarquia vianense explica que a atividade que a empresa pretende, com o novo edifício, produzir “válvulas industriais para aplicações tão diversas como sejam, por exemplo, as indústrias química, celulose, centrais térmicas e centrais nucleares”.

“O aumento da capacidade produtiva, a aposta numa superior automação de processos e a introdução de tecnologias de última geração permitirão capacitar a empresa para o desenvolvimento de novas gamas de produto, consonantes com as necessidades de segmentos internacionais dotados de valor acrescentado”, pode ler-se no comunicado.

A empresa deverá concretizar o investimento previsto no prazo máximo de dois anos; manter as instalações em funcionamento por um período nunca inferior a 10 anos; empregar na unidade industrial um número de trabalhadores igual ou superior a 19; realizar um investimento financeiro no conjunto do projeto industrial superior a 1.847.342 euros; cumprir todas as disposições legais e regulamentadoras da atividade a desenvolver e nos termos exatos das licenças a conceder; e entregar, trimestralmente, um relatório final de avaliação do trabalho efetuado.

A Valforjado conta com 13 postos de trabalho nas atuais instalações, que se encontram limitadas pela falta de espaço, explica o comunicado. O objetivo passa por aumentar esse número até um máximo de 19 pessoas.

Em 2022, a empresa alcançou um volume total de vendas de 1.047.766 euros, sendo 3,7% das vendas mercado nacional, 79,5% mercado comunitário e 16,8% das vendas para mercado extra-comunitário, exportando, pois, 95% da sua produção.

Com este novo projeto, a Valforjado pretende chegar a novos mercados, tais como Noruega, Médio Oriente, França, Alemanha, Reino Unido, Malásia e Austrália.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Construtora de Braga ganha obra de 5 milhões no Algarve

Próximo Artigo

Piroga com mais de 1.000 anos abre 'guerra' entre Viana e Caminha

Artigos Relacionados
x