Viana do Castelo põe grávidas a fazer exercício em piscinas para preparar parto

Foto: Ilustrativa / DR

A Câmara de Viana do Castelo vai iniciar, em junho, em duas piscinas municipais, aulas de preparação aquática de grávidas para o parto, orientadas por um enfermeiro especialista em saúde materna e obstétrica.

Em declarações hoje à agência Lusa, o vereador da Câmara de Viana do Castelo, com o pelouro da promoção da saúde, Ricardo Rego, explicou que projeto “vem dar resposta às solicitações de grávidas ou casais que pretendem praticar exercício físico para preparar o corpo para a gravidez, parto e pós-parto”.

Ricardo Rego referiu que, “no último ano, 500 grávidas e pais inscreveram-se nas aulas de preparação para o parto promovidas pela Unidade de Cuidados na Comunidade da freguesia de Barroselas e de Viana do Castelo.

As sessões de preparação aquática para o nascimento vão decorrer, a partir de junho, nas piscinas municipais de Barroselas e, na Frederico Pinheiro, na cidade de Viana do Castelo.

O projeto resulta de uma parceria entre a autarquia e a Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), em cuja maternidade se fazem, em média, 1.500 partos por ano.

“O projeto de preparação aquática para o nascimento, devido a pressão hidrostática, proporciona à grávida uma sensação de conforto e aumenta a coordenação do movimento”, refere a autarquia.

Promove “a diminuição da retenção venosa, causando um efeito preventivo dos edemas, devido ao facto de o movimento na água melhorar a circulação linfática”.

Durante a realização da preparação para o parto em meio aquático, são realizados exercícios respiratórios, de flexibilidade, postura corporal, relaxamento, perceção do feto e mobilidade da pelve.

A preparação aquática para o nascimento “pretende aumentar a capacidade respiratória, promover o fortalecimento muscular, favorecer a circulação sanguínea e a drenagem linfática, aumentar a perceção fetal e a ligação mãe/pai/bebé, estimular o relaxamento e a consciencialização do corpo e respiração”.

As sessões, com uma duração de cerca de 45 minutos realizam-se uma vez por semana e são orientadas por enfermeiros especialistas em saúde materna e obstétrica, com formação em preparação aquática pré-natal, da Unidade de Cuidados na Comunidade de Barroselas e da Unidade de Cuidados na Comunidade de Viana do Castelo.

A ULSAM gere os hospitais de Santa Luzia, em Viana do Castelo, onde funciona o serviço de urgência de ginecologia e obstetrícia e, o hospital Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima. A ULSAM serve uma população residente de 231.488 habitantes nos 10 concelhos do distrito e algumas populações vizinhas do distrito de Braga.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

MAI pede "amplo consenso político" e mudança de mentalidades

Próximo Artigo

Euribor sobe a três e seis meses para novos máximos desde 2008

Artigos Relacionados
x