Viana do Castelo já “tem” a árvore de Natal da Super Bock

A campanha digital de Natal da marca Super Bock já chegou a Viana do Castelo. A marca publicou ontem uma vídeo-montagem onde coloca uma garrafa de cerveja gigante no centro de Viana com enfeites alusivos à quadra.

Trata-se de uma manipulação digital, que mostra dezenas de pessoas ver a iluminação na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra.

“Não há nada acima da amizade em Viana do Castelo! A quem vais oferecer um pedido de desculpas à moda do Norte?”, escreveu a Super Bock, na publicação que acompanha o vídeo.

Como O MINHO noticiou, quando surgiu, esta campanha causou perplexidade em muitos internautas, que acreditaram que a marca tinha mesmo colocado a garrafa gigante no centro de Braga.

Como explica a revista especializada Marketeer, esta “árvore de Natal alternativa” é feita através da tecnologia Computer Generated Imagery (CGI), que está a ser utilizada pela marca pela primeira vez e que permite que as garrafas de Super Bock sejam inseridas, de forma muito real, no quotidiano de locais emblemáticos das cidades portuguesas Braga, Lisboa, Porto e, agora, Viana.

“Não é novidade que os valores associados à amizade são fundamentais na atuação da Super Bock, mas também o papel consistente na área de inovação. Através desta ação, a marca utiliza, pela primeira vez, a tecnologia CGI, que deu origem à ‘Árvore de Natal da Edição das Pazes’”, explica Bruno Albuquerque, diretor de marketing da Super Bock, em comunicado citado pela Marketeer.

“Nesta época natalícia, quisemos, uma vez mais, frisar a importância da amizade e dos amigos na nossa vida, e esta ação veio reforçar isso mesmo. Houve uma grande interação e identificação com a ação do lado das pessoas, o que se comprova através dos resultados obtidos nas redes sociais – os melhores de que há memória, tendo em conta o período em avaliação (96 horas)”, diz, em comunicado, Bruno Albuquerque, diretor de Marketing Cervejas do Super Bock Group.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Rui Rocha acusa Governo de sobrepor interesses políticos às soluções para a saúde

Próximo Artigo

PSD acusa novo líder do PS de continuar a “pactuar com opacidade” no parlamento

Artigos Relacionados
x