Seguir o O MINHO

Alto Minho

Viana, a Helena e a Sara mudaram a cara ao Politécnico

ENTREVISTA. Nova imagem do IPVC foi revelada no dia do 34.º aniversário

em

Em dia de 34.º aniversário o Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) apresentou, oficialmente, a sua nova marca de comunicação, a nível central e das suas seis escolas.

Para a conceção da nova imagem o IPVC lançou em finais de 2019 um concurso para que fossem apresentadas propostas para aquela que poderia ser a nova imagem da instituição.

Após a análise das várias dezenas de propostas, algumas oriundas do Canadá e Brasil, o júri foi unânime na candidatura vencedora. Duas jovens vianenses acabaram por reunir o consenso do júri e arrecadado o primeiro prémio do concurso de ideias para a nova imagem no valor de 2.500 euros.

Uma imagem inovadora que transmite a confiança e o percurso que o IPVC está determinado a seguir, de forma a estar mais próximo de todos os seus stakeholders.

Senhores e senhoras, as vencedoras: Helena Soares e Sara Costa

Por que razão decidiram concorrer para criar o novo logótipo do IPVC?

SARA: Quando tivemos conhecimento do concurso para a nova identidade do IPVC achamos que seria um desafio para nós, porque nem sempre há oportunidade de participar na renovação de uma marca com o prestígio do IPVC e com 40 anos de existência e impacto na região em que se insere. Como estamos há relativamente pouco tempo a trabalhar de forma independente e a começar o nosso próprio projeto, achamos que seria um bom momento para arriscar concorrer.

HELENA: Do nosso ponto de vista, participar na renovação desta identidade é aliciante porque, atendendo à natureza da instituição, o projeto adquire bastante visibilidade e permite um grande desdobramento da identidade. E para nós, enquanto designers, é bastante interessante pensar na exploração de múltiplos suportes e aplicações.

No que se inspiraram para a criação do logótipo?

HELENA: O logo do IPVC partiu de uma reflexão sobre o que é o ensino superior e, de um modo mais particular, o que é o Instituto Politécnico de Viana do Castelo, o que representa e quais são os seus objetivos e posicionamento estratégico. Ao longo das suas quatro décadas de atividade, o IPVC tem vindo a destacar-se pela qualidade da sua versátil oferta formativa, assim como pela contínua procura de atualização e inovação. No seguimento desta ideia constante de evolução, procuramos desenvolver uma proposta de identidade que se ajustasse aos objetivos traçados pela Instituição.

SARA: Pensamos numa nova identidade que ultrapassasse o figurativo e estático, que não datasse o IPVC, e que transmitisse o seu dinamismo. A nova imagem baseia-se, então, neste entendimento do IPVC enquanto instituição mutável e abrangente. É um ponto de partida inclusivo, aberto a múltiplos percursos.

Qual o conceito de comunicação que está subjacente aos elementos gráficos que constituem o logótipo?

HELENA: De uma forma geral, esta nova identidade apresenta o IPVC como um ponto a partir do qual se podem traçar diversos caminhos. Visualmente, esta ideia é traduzida de uma forma simples e através de uma linguagem jovem e facilmente reconhecível. A sigla do IPVC, utilizada desde sempre na sua comunicação, é reescrita numa tipografia bold, com impacto visual. O ponto do I, que é obtido através do uso da tipografia em caixa baixa, é utilizado estrategicamente como representação do IPVC enquanto ponto de partida. Desse ponto, parte uma linha metaforicamente associada aos diversos percursos que podem nascer desta instituição.

Esta proposta permite, mantendo a coerência visual, o desdobramento para outras versões do logotipo.

Neste sentido, o conceito na base desta nova identidade gráfica é realçado: a partir de um mesmo ponto são traçadas diferentes linhas de cor, identificativas dos diversos percursos que o IPVC possibilita através das suas Unidades Orgânicas.

SARA:

1. Escola Superior de Educação

No caso da Escola Superior de Educação, a linha que a representa evoca a escrita, base de toda a aprendizagem.

2. Escola Superior Agrária


Para representar a Escola Superior Agrária, baseamo-nos nas serras e montes que moldam a fisionomia do território do Alto Minho, sugerindo o ambiente e a natureza.

HELENA:

3. Escola Superior de Tecnologia e Gestão


O grafismo associado à Escola Superior de Tecnologia e Gestão é associado à ideia de engrenagem, iconicamente utilizada para representar engenharia e tecnologia. Ao mesmo tempo, transmite as noções de lógica, de organização e de circuito, também relacionadas com informática, matemática e gestão.

4. Escola Superior de Saúde

Para identificar a Escola Superior de Saúde foi desenhada uma linha que sugere o traçado de um eletrocardiograma, símbolo universal de saúde.

SARA:

5. Escola Superior de Ciências Empresariais


O grafismo utilizado para a representação da Escola Superior de Ciências Empresariais faz referência à leitura de gráficos e análise de dados, permitindo uma associação rápida à gestão empresarial.

6. Escola Superior de Desporto e Lazer


A linha ondulada representa a Escola Superior de Desporto e Lazer, remetendo para o imaginário dos desportos náuticos — prática privilegiada no Alto Minho, dada as suas características ambientais e geográficas.

HELENA: Quando transportada para as aplicações gráficas, a nova imagem é versátil e abrangente, permitindo a combinação de elementos e cores. A marca adapta-se a diferentes contextos e suportes, mantendo a sua identidade e coerência visual. Apesar do logotipo principal ser monocromático (preto) conseguimos, através das peças de comunicação da marca, uma identidade visual completa e colorida. As cores não só identificam e distinguem cada um dos polos na sua individualidade, mas também transmitem a ideia do IPVC como um todo, coeso e aglutinador.

Como pretendem que as pessoas vejam/interpretem o novo logótipo do IPVC?

SARA: Esperamos que esta identidade seja lida como uma nova fase do IPVC, uma fase de renovação e de reafirmação dos seus objetivos e valores. Esperamos que haja empatia e que as pessoas reconheçam a nova imagem, que faça parte da sua memória visual.

HELENA:  Esperamos que haja identificação. Que as pessoas que frequentam e trabalham no IPVC sintam orgulho e se sintam bem representados, e que o público em geral reconheça facilmente a nova imagem e a mensagem que transmite. Esperamos que contribua eficazmente para a comunicação do IPVC, enquanto instituição dinâmica, abrangente, com sentido de evolução e de futuro.

Populares