Veículo oferecido pela população de Celorico de Basto para combater incêndios passou “nos testes”

Proteção civil

A transformação do Veículo Ligeiro de Combate a Incêndios (VLCI) ao serviço dos Bombeiros Celoricenses “passou nos testes e ensaios” e a viatura está, agora, “quase pronta para entrar ao serviço”, anunciou hoje a corporação.

O novo carro (e transformação) custou 160 mil euros, e foi possível graças a um enorme contributo de José Coelho de Mesquita e esposa, com “generosa ajuda e contribuição de todos os celoricenses” que, ao longo de vários meses, organizou peditórios e diferentes iniciativas em todas as freguesias do concelho.

A carro de combate foi apresentado (e benzido) no passado dia 15 de agosto, durante as cerimónias dos 96 anos daquele corpo de bombeiros.

“O VLCI ‘passou’ nos testes e ensaios… Está quase pronto para entrar ao serviço e cumprir todas as missões que lhe forem atribuídas no espaço urbano do nosso concelho. Voltamos a agradecer o contributo de todos aqueles que nos ajudaram”, pode ler-se nas redes sociais da Associação Humanitária numa publicação datada deste sábado.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Celoricenses tem sede na Avenida João Pinheiro, freguesia de Britelo, e foi fundada em 15 de agosto de 1925. Segundo a página do Ministério da Administração Interna, alterou os estatutos por duas vezes, em 1956 e 1990.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Homem que caiu na rua em Braga morreu no hospital

Próximo Artigo

Robot de aspiração incendeia-se no quinto andar de prédio em Braga e faz um ferido

Artigos Relacionados
x