Seguir o O MINHO

Guimarães

Vandalizam moinho recentemente recuperado em Moreira de Cónegos

Junta de Freguesia apresentou queixa contra terceiros

em

Foto: DR

Um grupo de jovens terá vandalizado algumas estruturas do Moinho de Moreira de Cónegos, no concelho de Guimarães, durante a madrugada da passagem de ano.

Pelo que apurou O MINHO junto do presidente da Junta, António Brás Mendes Pereira (PS), foram partidas algumas estruturas de um lago que estava “totalmente vedado”, provocando a fuga de alguns patos que lá habitavam, e que ainda não regressaram. Parte da estrutura foi atirada ao rio.

Os vândalos terão ainda utilizado cadeiras que se localizavam num complexo ao lado do moinho, acabando por também as atirar ao rio.

“Enfim, é um descontentamento muito grande, mas sabemos que se trata apenas de um pequeno grupo que não reflete o que faz a população de Moreira de Cónegos”, salientou o autarca.

António Pereira recorda que o Moinho de Moreira de Cónegos foi ‘reinaugurado’ em 2012, depois de um “grande esforço” de voluntários que ajudaram à recuperação daquele que é um dos locais “já mais visitados pela população”.

O autarca referiu a O MINHO que a junta de freguesia “já está a iniciar os procedimentos para acusar terceiros até que se descubra a sua identidade”, e para isso irá recorrer à videovigilância que lá se encontrava instalada.

“O moinho tem uma dinâmica constante de inovação e criação, e embora ainda não esteja como desejámos, já é um sitio de grande importância”, concluiu o autarca eleito pelo PS em 2017 e 2021.

EM FOCO

Populares