Seguir o O MINHO

Póvoa de Lanhoso

UNICEF reconhece Póvoa de Lanhoso como “Cidade Amiga das Crianças”

Reconhecimento dura até 2022

em

Foto: CM Póvoa de Lanhoso

A UNICEF atribuiu ao concelho da Póvoa de Lanhoso o selo de “Cidade Amiga das Crianças. Um reconhecimento que se estende até 2022.

Depois de analisar o Plano de Ação Local tendo em conta a Convenção sobre os Direitos da Criança e os pilares do Programa Cidades Amigas das Crianças, a UNICEF reconheceu “o compromisso do município em aplicar e promover os direitos da criança no seu território”.

Nesse plano, o município apresenta seis objetivos agrupados em quatro eixos abrangentes: 1) Município e Programas Municipais destinados às Crianças e suas famílias, 2) Educação e Família, 3) Representação Social da Infância e participação das Crianças e Jovens na vida do seu Município, 4) Bullying e Igualdade de Género.

“O compromisso de implementar medidas e programas que cobrem as várias áreas com impacto na vida das crianças, produzindo resultados concretos e positivos na aplicação dos direitos de todas as crianças; de desenvolver e executar programas que promovem a participação ativa das crianças, informando e respeitando as suas opiniões, e reconhecendo os seus pontos de vista nos processos de decisão; e de produzir conhecimento através da recolha e análise sistemática de informação sobre a situação das crianças no território, de forma a identificar e responder a situações de discriminação e vulnerabilidade das crianças, com políticas e medidas da responsabilidade do município”, foram algumas das premissas para a atribuição deste selo, segundo comunicado da autarquia.

“O município de Póvoa de Lanhoso, apesar de ser um território de baixa densidade e essencialmente rural, tem já um longo caminho feito, em várias áreas de intervenção e que materializámos nos quatro eixos de intervenção deste plano de ação. Este reconhecimento confere-nos maior responsabilidade no trabalho com as nossas crianças e com os nossos jovens”, refere, em comunicado, a vereadora da Educação e da Igualdade e Cidadania, Gabriela Fonseca.

“A elaboração de um plano de resposta a situações de risco, a implementação de um novo modelo de intervenção no insucesso, absentismo e abandono escolar e o desenvolvimento de um programa de formação para professores em direitos da criança são alguns dos compromissos assumidos pela autarquia que irá ainda, “dinamizar a Assembleia Municipal Jovem, Laboratórios de Cidadania, Projeto ‘Tu Decides’ e a envolver as crianças na identificação de espaços que necessitem de melhoria”.

Anúncio

Póvoa de Lanhoso

PSD condenado por adaptar “Despacito” na campanha eleitoral de 2017 na Póvoa de Lanhoso

Tribunal já recusou os argumentos do partido

em

Foto: DR/Arquivo

O PSD foi condenado em 10 mil euros pelo uso indevido do tema “Despacito”, do cantor porto-riquenho Luis Fonsi, na campanha eleitoral da candidatura de Avelino Silva na Póvoa de Lanhoso de 2017.

O PS de Vila Pouca de Aguiar também recebeu a mesma condenação. Os partidos vão pagar um total de 20 mil euros à Sociedade Portuguesa de Autores.

Os dois partidos tentaram descartar responsabilidade por serem candidaturas municipais, no entanto, as decisões do Tribunal da Propriedade Intelectual e o Tribunal da Relação de Lisboa recusaram os argumentos.

Segunda a TSF, o PSD respondeu que a estratégia de campanha é definida a nível local e que até chamou a atenção dos responsáveis concelhios para a “necessidade do escrupuloso cumprimento do regime de direitos de autor”.

Continuar a ler

Póvoa de Lanhoso

Castelo de Lanhoso recebeu “escape room”

No âmbito da comemoração do Dia Nacional dos Castelos

em

Foto: Divulgação/CM Póvoa de Lanhoso

A primeira edição do escape room no Castelo de Lanhoso decorreu na noite de sábado, 5 de outubro. Dar a conhecer o ex libris da Póvoa de Lanhoso de uma forma inovadora e desafiadora foram alguns dos objetivos desta iniciativa promovida pela Câmara Municipal, no âmbito da comemoração do Dia Nacional dos Castelos (7 de outubro).

Foto: Divulgação/CM Póvoa de Lanhoso

Foto: Divulgação/CM Póvoa de Lanhoso

A vencedora foi Teresa Pinheiro e a sua equipa, com o tempo final de 22 minutos e 45 segundos. Nesta primeira edição, participaram 44 pessoas, de várias nacionalidades e de várias zonas do norte do país, que apreciaram bastante a atividade, que aguardam por outras sessões e que elogiaram a forma diferente de conhecer o Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso, através da resolução de pequenos enigmas, da atenção aos pormenores e do trabalho em equipa.

Para sair do topo da Torre de Menagem as pessoas participantes contaram com a ajuda dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso. As próximas edições estão marcadas para os dias 22 e 23 de novembro, mas as vagas já estão todas preenchidas.

Continuar a ler

Braga

Incêndio que deflagrou em Póvoa de Lanhoso em fase de rescaldo

Em Vilela

em

Foto: DR / Arquivo

O incêndio que deflagrou pelas 16:24 de hoje em Vilela, Póvoa de Lanhoso, está em fase de rescaldo, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Braga.

Segundo a fonte, o incêndio está dominado e entrou em fase de rescaldo cerca das 19:45.

A fonte acrescentou que não chegou a haver habitações em risco.

No teatro das operações, e segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, estão 136 operacionais, apoiados por 38 viaturas.

Continuar a ler

Populares