Seguir o O MINHO

II Liga

Um pé e meio na I Liga: Famalicão vence e pode confirmar subida já hoje

31.ª jornada da II Liga

em

Foto: Divulgação/Famalicão FC

O FC Famalicão venceu este domingo na receção ao Vitória SC B por 4-1, em jogo da 31.ª jornada da II Liga, e o regresso à I Liga 25 anos depois está praticamente sentenciado. Luís Rocha, Fabrício Simões (bis) e Ashley Seal apontaram os golos dos famalicenses, e Edmond Tapsoba marcou para os vitorianos.

Se o Estoril não vencer o Penafiel este domingo, em jogo que decorre pelas 16:00, o FC Famalicão já terá o acesso garantido. Caso contrário, os minhotos terão três partidas para conquistar apenas um ponto e regressar à I Liga.

Luís Rocha (11 minutos), Fabrício (aos 19 de grande penalidade e aos 43) e Ashley-Seal nos (90+3) fizeram os golos do Famalicão, enquanto Tapsoba marcou o único tento do Vitória, aos 14.

O Famalicão conquistou a quinta vitória consecutiva e, beneficiando do empate (1-1) de sábado da Académica em casa, deu um passo ‘gigante’ para a subida de divisão, meta que ainda pode festejar hoje se o Estoril Praia perder pontos em casa do Penafiel.

Já a formação B do Vitória SC deu um passo atrás na luta pela manutenção e é cada vez mais última, somando cinco jogos sem ganhar.

Os famalicenses estiveram sempre mais organizados, com mais qualidade, e ofensivamente mais determinados, mas os vitorianos chegaram a resistir nos primeiros minutos e apresentaram-se com um futebol aberto e, a espaços, inspirado.

Aziz, com um remate para fora, tentou o golo. A resposta veio com Luís Rocha a subir ao terceiro andar e de cabeça a fazer o primeiro após um pontapé de canto batido por Feliz (11 minutos).

A primeira vantagem do Famalicão só durou três minutos, graças a uma excelente resposta do conjunto orientado por Alex que empatou aos 14 com assinatura de Tapsoba, numa recarga a um bom remate de Romani.

Mas o defesa do Burkina Faso haveria de estar no melhor e no pior do Vitória de Guimarães B uma vez que, aos 18, por mão, ‘ofereceu’ uma grande penalidade ao adversário que Fabrício não desperdiçou (19 minutos). O ‘matador’ brasileiro do Famalicão viria a ?bisar’ a dois minutos do intervalo com um cabeceamento perfeito após passe, outra vez, de Feliz.

Na segunda parte, o primeiro lance de perigo pertenceu à equipa da casa: Walterson rematou ao lado aos 50. Mas o lance mais flagrante foi dos visitantes: Reisinho cabeceou, Defendi fez uma grande defesa e Aziz ainda rematou ao poste (51).

A vencer por 3-1 a equipa de Carlos Pinto, que só soma vitórias desde que chegou ao comando técnico, adormeceu um pouco na reta final, mas só dentro de campo já que nas bancadas completamente cheias, a cinco minutos do fim, só se ouvia “é para a primeira”.

O apoio surtiu efeito e o Famalicão ainda fez o 4-1 a segundos do apito final por Ashley-Seal após passe de Walterson.

Anúncio

Futebol

Álvaro Pacheco renova contrato com Vizela e estreia-se na II Liga

II Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador Álvaro Pacheco renovou contrato com o Vizela e tem agora um vínculo válido para as próximas duas temporadas, revelou hoje o clube que vai jogar na próxima época na II Liga de futebol.

O técnico chegou esta época ao Vizela e levou a equipa que liderava a série A à subida de divisão já que era uma das duas melhores equipas do Campeonato de Portugal (juntamente com o Arouca, da série B) quando este foi suspenso devido à pandemia de covid-19, em meados de março, decisão tomada, no sábado, pela Federação Portuguesa de Futebol.

Álvaro Pacheco, de 48 anos, vai agora estrear-se como treinador principal na II Liga.

Continuar a ler

Futebol

SC Braga empresta Lucas Cunha ao Estoril

Fez apenas cinco jogos com Sá Pinto

em

Foto: SC Braga

O Estoril Praia anunciou, esta segunda-feira, a chegada por empréstimo, até ao final da presente temporada, do defesa Lucas Cunha, numa nota publicada nas redes sociais do clube da II Liga de futebol.

O jogador brasileiro, de 22 anos, integrava o plantel do Sporting de Braga, emblema ao qual chegou para fazer a fase final da sua formação e representar a equipa B na época 2014/15.

Esta época, sob o comando do técnico Ricardo Sá Pinto, participou em apenas três partidas da equipa principal: duas no campeonato e outra na Liga Europa.

Lucas Cunha é, assim, o primeiro reforço no ‘mercado de inverno’ do Estoril e vem aumentar o leque de opções do treinador Tiago Fernandes para o eixo central da defesa dos ‘canarinhos’, que ocupam o sétimo lugar, com 22 pontos em 14 jornadas, já a 11 do líder Farense e a nove do ‘vice’ Nacional.

Continuar a ler

Futebol

Sereno, ex-Vitória, é o novo presidente da SAD do Vilafranquense

Aos 34 anos

em

Foto: DR / Arquivo

O antigo futebolista português Henrique Sereno é o novo presidente da SAD do Vilafranquense, sucedendo a Luiz Andrade, que deixa de ter qualquer participação no emblema ribatejano.

Sereno, de 34 anos, terminou a carreira de jogador em 2018, ao serviço do Chennaiyin, da Índia, depois de passagens por clubes como FC Porto e Vitória SC.

O emblema da II Liga vinha a atravessar uma grave crise financeira, com salários em atraso, mas, de acordo com o novo presidente da SAD, a situação está regularizada.

“Sentimos que o Vilafranquense tem muito potencial para crescer. Queremos criar uma boa estrutura e potenciar o clube ao máximo. Para já, regularizámos os salários de toda a gente, plantel, equipa técnica e todos os restantes funcionários da SAD. A partir daqui, uma nova era vai começar”, assegurou Sereno.

Já Tiago Mota, um dos capitães de equipa, elogiou a nova administração “pela celeridade com que resolveram a situação”, dizendo que o plantel pode continuar a jogar “com a cabeça limpa e tranquila”.

A conferência de imprensa de apresentação da nova SAD está marcada para a próxima quinta-feira, dia 26 de dezembro, às 14:00, no Campo do Cevadeiro.

Continuar a ler

Populares