Seguir o O MINHO

País

Três mortos em despiste que envolveu carro da GNR na A42, no Porto

Na A42

em

Foto: Mónica Quintela

Três pessoas morreram e outras três ficaram com ferimentos na sequência de um despiste, seguido de abalroamento, esta tarde de domingo, na A42, entre Porto e Paços de Ferreira.

Segundo dá conta o Jornal de Notícias, uma viatura da GNR terá sido abalroada por um carro quando estava a registar um outro acidente ocorrido no mesmo local, naquela autoestrada.

O militar acabou por sofrer ferimentos fatais, assim como uma jovem de 20 anos, que seguia no carro que entrou em despiste. Uma terceira vítima acabou por morrer já na unidade hospitalar, avança o jornal A Verdade. Era o condutor do reboque que procedia à recolha de uma viatura sinistrada.

Foto: Mónica Quintela

O acidente ter-se-à dado no troço que atravessa Paços de Ferreira, levando ao corte temporário da A42. Das três vítimas que sobreviveram, há duas em estado grave que inspiram cuidados médicos rigorosos.

No local estão as equipas das viaturas médicas de emergência e reanimação dos hospitais do Vale do Sousa, Pedro Hispano e São João e ainda a viatura de suporte imediato de vida de Santo Tirso, para além de bombeiros de várias corporações. O alerta foi dado pouco depois das 16h30.

(Notícia atualizada às 17h59 com a informação de uma terceira vítima mortal)

Anúncio

País

Os números do Euromilhões

Sorte

em

Foto: O MINHO/Arquivo

É esta a chave do sorteio do Euromilhões desta terça-feira, 28 de janeiro: 1, 19, 27, 31, 38 (números) e 4 e 5 (estrelas).

Em jogo para o primeiro prémio está um valor de 17 milhões de euros.

Continuar a ler

País

Super Bock aumenta salário mínimo aos trabalhadores para 735 euros

Aumento de 5%

em

Foto: DR / Arquivo

O grupo Super Bock vai aumentar o salário mínimo pago aos trabalhadores para 735 euros em 2020, um aumento de 5% face aos 700 euros pagos em 2019, foi hoje divulgado.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o grupo Super Bock (que inclui a cerveja homónima, a Carlsberg, as águas Vitalis e Pedras Salgadas ou o refrigerante Frutea) anunciou que a mudança tem efeitos a partir de 01 de janeiro deste ano.

Segundo a empresa, trata-se do segundo aumento do salário mínimo em dois anos, já que em 2018 a empresa pagava um mínimo de 675 euros aos trabalhadores.

Atualmente, de acordo com dados da empresa, o grupo Super Bock é composto por 1.300 trabalhadores, a maioria em Portugal, já que apenas 21 estão localizados no estrangeiro.

Miguel Araújo, diretor de relações institucionais da empresa, afirmou, citado na nota, que o ordenado mínimo da empresa “tem evoluído consistentemente acima dos valores fixados pelo Governo”.

O salário mínimo nacional foi aumentado em 2020 para os 635 euros, uma subida face aos 600 em vigor em 2019.

Continuar a ler

País

Universitários carenciados com direito a bolsa acima do valor das propinas

Trabalhadores-estudantes e bolseiros são os principais visados por esta medida

em

Foto: DR/Arquivo

Os estudantes universitários carenciados vão receber bolsas de estudo acima do valor das propinas, anunciou, esta segunda-feira, o jornal Público.

Para os estudantes bolseiros que pagam a propina máxima, o custo, anual, será 174 euros mais baixo.

A proposta, que teve origem na Juventude Socialista, já foi aceite pela bancada parlamentar do PS e assim que estiver implementada marcará a primeira ocasião onde o valor das bolsas para alunos carenciados vai superar o custo que os estudantes têm com as propinas.

O grupo socialista prepara, no momento, um conjunto de sugestões para alteração do Orçamento do Estado, visando os jovens, onde prevê a isenção do IRS para estudantes-trabalhadores, ou o decréscimo da taxa para alunos do ensino superior que vivam com os seus pais e que possuam contrato de trabalho ativo.

João Paulo Correia, vice-presidente do grupo parlamentar, já confirmou a implementação da medida, não determinando, para já, a idade e a percentagem limite a que se aplicará a medida.

Com os mesmos objetivos, o Bloco de Esquerda, lançou, recentemente, uma proposta para a redução das propinas.

Continuar a ler

Populares