Seguir o O MINHO

Alto Minho

Um milhão de euros para ampliar museu da cidade de Viana e a pensar na CEC

em

Um milhão de euros é quanto a Câmara de Viana do Castelo vai investir na ampliação do Museu de Artes Decorativas (MAD) de Viana do Castelo.

O objetivo, e segundo José Maria Costa, edil, passa por preparar o mais antigo museu de Viana do Castelo para o incluir na candidatura a Capital Europeia da Cultura (CEC), em 2027.

“O projeto está a ser ultimado. A intenção é iniciar as obras em 2018 para que o espaço seja integrado na candidatura de Viana do Castelo a CEC, a formalizar em 2020”, disse José Maria Costa, adiantando que a empreitada terá um prazo de execução de um ano.

O Parlamento Europeu aprovou a 13 de junho a lista dos Estados-membros que vão acolher as capitais europeias da cultura entre 2020 e 2033, que prevê que uma cidade portuguesa seja capital em 2027, juntamente com uma localidade da Letónia.

Sobre a ampliação do MAD, a candidatar aos fundos do Norte 2020, José Maria Costa explicou que o projeto implicou a aquisição, pela autarquia, de “um terreno e de uma casa” que permitirão aumentar a área expositiva em cerca 80%.

Vamos passar a ter mais 2.700 metros quadrados de área museológica e uma área expositiva com mais 1.361 metros quadrados“, revelou, acrescentando que o projeto prevê “a criação de um novo auditório com 103 lugares”.

O projeto prevê ainda “uma sala com cerca 600 metros quadrados para grandes exposição de arte contemporânea”, dando resposta à parceira que o município tem com Fundação de Serralves e que “quer alargar a outras instituições culturais da região Norte e do país”.

 

Populares