Tubarão de 300 quilos dá à costa na Galiza. Há 50 anos que a Península não via um destes

Na Ria de Arousa

Um tubarão com mais de três metros de comprimento e 300 quilos de peso deu à costa na Ria de Arousa, na Galiza, depois de ter sido capturado acidentalmente pelas redes de arrasto de um barco pesqueiro, para surpresa dos marinheiros.

O animal foi libertado com vida, mas acabou por morrer algumas horas depois, ao cair da noite, levando à intervenção do município de Arousa, Seprona (brigada ambiental da Guardia Civil) e de especialistas do gabinete para estudo dos mamíferos marinhos.

 

De acordo com a imprensa espanhola, trata-se de um tubarão-areia (Odontaspis ferox), espécime que habitualmente frequenta as águas profundas do Pacífico e do Atlântico, e que muito raramente é avistado perto da Europa, muito menos no noroeste da Península, onde a Galiza divide a costa com o Minho.

Claudio Barrio, biólogo marinho especialista em tubarões, escreveu no Twitter que é muito provável que este seja o primeiro registo desta espécie, nos últimos 50 anos, em toda a Península Ibérica.

O especialista respondia à Diversimar, rede de observação da biodiversidade marinha e pesqueira da Galiza e do Cantábrico, que relembrou tratar-se de uma espécie cujo estatuto de conservação apresenta-se vulnerável.

Por preferir águas tropicais quentes, é uma incógnita o que faria o tubarão-areia junto às rias da Galiza, onde a água é tradicionalmente mais fria do que em outras partes da península.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Imagem da Senhora do Sameiro desceu à cidade de Braga

Próximo Artigo

Galo de Barcelos entre o que os turistas mais procuram no Porto

Artigos Relacionados
x