Seguir o O MINHO

Futebol

Trincão e Fonte dão vitória ao Braga, a sétima consecutiva

Em Moreira de Cónegos

em

O SC Braga manteve hoje o quinto lugar da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa do Moreirense, por 2-1, no jogo de encerramento da 18.ª jornada.

Trincão (08 minutos) e Rui Fonte (10) marcaram os golos dos bracarenses, que somaram a quarta vitória consecutiva na I Liga e passaram a somar 30 pontos, a dois do Sporting (terceiro), que recebem na próxima ronda, e a um do Famalicão (quarto).

O Moreirense, que reduziu por Rosic (71), não vence há quatro encontros e ocupa o 14.º lugar, com 18 pontos, quatro acima da zona de despromoção.

Os bracarenses, embalados emocionalmente pela recente conquista da Taça da Liga, frente ao FC Porto, entraram a mandar no jogo, e logo aos oito minutos, num remate de Trincão, que ainda desviou no defesa do Moreirense Iago, traindo o guardião Mateus Pasinato, abriu a madrugadora vantagem da equipa forasteira.

Atordoado com entrada de rompante do adversário, o Moreirense demorou e recompor-se, e, dois minutos, depois, permitiu que Trincão voltasse a criar desequilíbrios, desenhando a jogada que resultou no 2-0, apontado por Rui Fonte, num desvio astuto.

Apesar do duplo e madrugador revés, os ‘cónegos’ ainda chegaram a esboçar uma reação, quando antes do quarto de hora, Fábio Abreu surgiu em boa posição, mas rematou ao lado da baliza de Matheus.

Ainda assim, a resposta dos donos do terreno não teve sequência, uma vez que o Sporting de Braga nunca largou o controlo do jogo e a postura mais ofensiva, dispondo de mais algumas oportunidades para dilatar a vantagem.

Um remate de Murilo e um outro de Wilson Eduardo, ambos junto aos ferros da baliza do conjunto da casa, frisaram esse domínio dos bracarenses, embora não suficiente para alterar o 2-0 com que se chegou ao tempo de descanso.

No regresso do intervalo, o Moreirense surgiu mais desinibido, e conseguiu reequilibrar o desafio, mostrando mais atrevimento nas saídas para o contra-ataque, e conseguindo num cabeceamento de Iago e num par de remates de Pedro Nuno, ameaçar o golo.

Apesar da audácia do adversário, o Sporting de Braga mantinha a contenda controlada, e, aproveitando o adiantamento dos ‘cónegos’, ameaçou, algumas vezes, o terceiro golo, em iniciativas de Trincão e Wilson Eduardo.

No entanto, a persistência do Moreirense acabou por dar frutos aos 71 minutos, quando, na sequência de um livre, a bola sobrou para Rosic, que conseguiu dominar e rematar para o 2-1 e ainda realçar o jogo.

Esse tento dos locais acabou por refrear os ímpetos do SC Braga, que se debruçou, então, na gestão do resultado, perante um Moreirense esforçado para chegar ao empate, mas sem argumentos para o conseguir.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Moreirense – SC Braga, 1-2.

Ao intervalo: 0-2.

Marcadores:

0-1, Trincão, 08 minutos.

0-2, Rui Fonte, 10.

1-2, Rosic, 71.

Equipas:

– Moreirense: Mateus Pasinato, Abdu Conté, Rosic, Iago, João Aurélio, Sori Mané, Alex Soares (Luiz Henrique, 87), Filipe Soares, Pedro Nuno (Djavan, 87), Luís Machado (Bilel, 64) e Fábio Abreu.

(Suplentes: Trigueira, D’Alberto, Bilel, Steven Vitória, Djavan, Halliche, Luiz Henrique).

Treinador: Ricardo Soares.

– SC Braga: Matheus, Wallace, Bruno Viana, Raúl Silva (David Carmo, 68), Ricardo Esgaio, Palhinha, João Novais, Murillo (Sequeira, 85), Trincão (Ricardo Horta, 69), Wilson Eduardo e Rui Fonte.

(Suplentes: Eduardo, Sequeira, André Horta, Paulinho, Ricardo Horta, Galeno, David Carmo).

Treinador: Rúben Amorim.

Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rosic (16), Raul Silva (51), Filipe Soares (56), Wilson Eduardo (57), David Carmo (71) e Luiz Henrique (89). Cartão Vermelho direto para João Novais (90+8).

Assistência: 1711 espetadores.

(Notícia atualizada às 23h01)

Populares