Seguir o O MINHO

Alto Minho

Tribunal de Viana do Castelo recebeu duas listas de candidatos do PSD à Assembleia Municipal

em

O Tribunal de Viana do Castelo recebeu duas listas de candidatos, à Assembleia Municipal, do PSD para as eleições autárquicas de outubro.

Foto: Facebook

Na lista afixada hoje em tribunal era possível ver uma lista encabeçada por Eduardo Viana, ex-Secretário de Estado da Inovação do anterior governo PSD/CDS, e outra liderada pelo presidente da comissão política concelhia do PSD, Eduardo Teixeira.

Foto: Facebook

Para o líder da distrital do PSD, Carlos Morais Vieira, a única lista legal é do Eduardo Viana. “A única lista legalmente entregue, com todos os documentos anexos”, justificou aos jornalistas.

Já em comunicado publicado nas redes sociais, a comissão política concelhia justificou a apresentação da lista liderada com a necessidade de “repor a legalidade” no processo autárquico do concelho.

Aquela estrutura partidária acusa o órgão distrital de “não cumprir uma deliberação do Conselho de Jurisdição Nacional (CJN) do PSD, de 24 de julho de reunir, urgentemente, o plenário de militantes de modo a sufragar as listas candidatadas às autarquias locais de Viana do Castelo”.

“A comissão política concelhia viu-se obrigada, nestes últimos 15 dias, perante a ausência total de diálogo por parte da distrital, ou tão pouco do envio de qualquer sugestão de candidatos, a garantir o cumprimento do acórdão do CJN. Na defesa dos vianenses, da social-democracia e dos seus órgãos superiores, nada mais restava à comissão política de secção de Viana do Castelo senão (…) apresentar uma lista candidata à Assembleia Municipal abrangente e representativa dos cidadãos e das freguesias do concelho”.

Cabe ao tribunal, onde decorreu hoje o sorteio das listas, decidir qual das duas vai validar, sabendo-se que decorrerá “um prazo de cinco dias para apresentação de reclamações ou exposições, nos termos previstos na lei”.

O presidente da comissão política distrital do PSD, Carlos Morais Vieira, já veio a público dizer que “o partido irá fazer a devida reclamação”.

 

EM FOCO

Populares