Seguir o O MINHO

Barcelos

Tribunal reduz pena de jovem que matou pai à machadada em Barcelos

Justiça

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO

O Tribunal de Braga reduziu de 17 para 11 anos de cadeia a pena do jovem que, em 2019, matou o pai à machadada na freguesia de Pereira, em Barcelos.

O jovem, agora com 18 anos, tinha sido condenado, no ano passado, a 17 anos de cadeia, mas, segundo o Correio da Manhã, a Relação mandou repetir o julgamento e a pena foi reduzida em seis anos.

Como O MINHO noticiou, o jovem tinha confessado em tribunal ter matado o pai à machadada, em Pereira, explicando que o seu objetivo foi acabar com o “inferno” criado em casa pelo progenitor.

O arguido disse que o pai andava constantemente embriagado, discutia recorrentemente com a mãe sobretudo por questões de dinheiro e que a insultava “quase todos os dias”.

Além disso, admitiu também que ficava “intimidado” com os “toques” que o pai “de vez em quando” lhe dava nas costas, nos ombros e nas virilhas, atribuindo-lhes um cariz sexual.

O homicídio ocorreu em 26 de julho de 2019, um dia depois de a vítima ter regressado de França, onde estivera emigrado desde janeiro.

“Foram os melhores momentos das nossas vidas”, disse o arguido, referindo-se ao período em que o pai não esteve em casa.

Mal chegou, as discussões com a mãe voltaram, tendo a vítima ainda deixado claro que a partir dali “ainda ia ser pior”.

No dia dos factos, ao almoço, o pai voltou a insultar a mãe do arguido.

A mãe foi entretanto trabalhar e o pai foi “dormitar”, para o quarto.

O arguido foi buscar uma machada e desferiu-lhe um número não concretamente apurado de golpes, que o atingiram, além do mais, na cabeça, face, peito, membros e órgãos genitais, acabando por lhe provocar a morte.

Populares