Seguir o O MINHO

Braga

Tribunal de Braga aplica prisão preventiva aos dois homens suspeitos de 16 furtos

Crime

em

Foto: DR

O Tribunal de Braga aplicou hoje prisão preventiva aos dois homens detidos pela GNR pela alegada autoria de 16 furtos, 11 dos quais de máquinas de venda de tabaco em estabelecimentos comerciais, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a GNR refere que os suspeitos foram conduzidos ao Estabelecimento Prisional de Vale do Sousa.

Os dois homens foram detidos na quinta-feira, em Braga, no âmbito de uma investigação que decorria há dois meses.

Segundo a GNR, os suspeitos furtavam máquinas de venda de tabaco, com incidência nos concelhos de Braga, Vila Verde, Amares e Barcelos, e no distrito do Porto, nomeadamente em Leça da Palmeira (concelho de Matosinhos) e Vila do Conde.

No total, são suspeitos de 11 furtos qualificados em estabelecimentos comerciais, dois dos quais na forma tentada.

São ainda suspeitos de quatro furtos de chapas de matrículas e um furto de veículo.

No decorrer das diligências policiais, foram realizadas duas buscas domiciliárias, tendo sido apreendidos 13 maços de tabaco, dois telemóveis, uma televisão, ferramentas destinadas à execução dos furtos e um veículo furtado.

Os detidos, de 35 e 36 anos, têm antecedentes criminais por furtos.

Populares