Seguir o O MINHO

Braga

Tribunal Administrativo vai para a Loja do Cidadão

em

Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

O Tribunal Administrativo de Braga vai para o piso acima da Loja do Cidadão de Braga, mantendo-se a parte do Fiscal no atual edifício que faz esquina nas Ruas 25 de Abril e de Damão, a fim de resolver o problema da falta de espaço da antiga Casa dos Magistrados.

A informação foi confirmada a O MINHO pela secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, que esta sexta-feira visitou as futuras instalações, situadas no segundo piso do mesmo prédio onde funciona a Loja do Cidadão, na Rua dos Granjinhos.

O novo espaço, que tem a dimensão em tudo idêntica à da Loja do Cidadão, era a sede da empresa de construção civil Britalar, que por sua vez mudou de instalações, sendo que o contrato de arrendamento rondará cerca de 14 mil euros mensais, valor que a governante não confirmou, até porque a fase de avaliação ainda decorre, no Ministério das Finanças.

Irene Isabel Gomes, a presidente do Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga, fez parte da comitiva que visitou o edifício situado junto à Avenida da Liberdade, a par de outros responsáveis, como o caso do diretor-geral da Administração da Justiça, Luís de Freitas.

Notícia atualizada às 21h31.

Populares