Seguir o O MINHO

Desporto

Três tenistas portugueses eliminados e Gastão Elias desiste no Braga Open

Ténis

em

Frederico Silva. Foto: Clube de Ténis de Braga

João Domingues, Frederico Silva e Nuno Borges foram hoje eliminados na estreia no Open de Braga, torneio de categoria 80 do ATP Challenger Tour, enquanto Gastão Elias desistiu de jogar no Clube de Ténis de Braga, devido a lesão.

João Domingues, 239.º classificado no ‘ranking’ ATP, regressou a Braga para defender o título conquistado em 2019, após o interregno de há um ano, devido à pandemia de covid-19, mas não foi bem sucedido e foi derrotado na primeira ronda por Jesper De Jong (247.º ATP), dos Países Baixos, por duplo 6-4.

Enquanto Domingues, de 27 anos, foi afastado num encontro disputado em terra batida e decidido em uma hora e 42 minutos, Gastão Elias optou por não entrar em ‘court’ para não agravar uma lesão no cotovelo direito, contraída há cerca de dois meses.

“Apesar de não ser nada de grave, vou ter de parar um mês para recuperar, porque há risco de poder fazer uma fratura de ‘stress’, se continuasse a jogar com esta dor. Vou ter de parar no próximo mês e não vou conseguir jogar estes torneios aqui em Portugal”, explicou Gastão Elias, referindo-se ao Lisboa Belém Open, agendado para a semana seguinte ao Braga Open.

Frederico Silva, número 197 do mundo e o segundo português a entrar em ação esta terça-feira no Clube de Ténis de Braga, também não viveu uma jornada feliz e acabou por ser eliminado pelo norte-americano Thai-Son Kwiatkowski (222.º ATP) em duas partidas, com os parciais de 7-5 e 6-3.

Já a fechar a jornada foi a vez de Nuno Borges (276.º ATP), que no fim de semana representou a seleção nacional na Taça Davis, juntamente com Frederico Silva e Gastão Elias, abandonar a prova, após o desaire sofrido diante o sérvio e quarto cabeça de série Nikola Milojevic (148.º ATP), por 6-3 e 7-6 (8-6).

Populares