Treino de Portugal com suplentes e titulares contra Irlanda em recuperação

Mundial2022

A seleção portuguesa de futebol treinou hoje no campo do Vale do Garrão, em Almancil, onde estiveram presentes os suplentes utilizados e aqueles que não foram opção no encontro de quarta-feira, diante da República da Irlanda (2-1).

Os titulares no encontro da quarta jornada do Grupo A de apuramento para o Mundial2022, no Estádio Algarve, em Faro, à exceção de Rafa, que marcou presença na sessão, efetuaram trabalho de recuperação no ginásio e não estiveram às ordens do selecionador luso, Fernando Santos, que contou pela primeira vez com o avançado Francisco Trincão no relvado.

De resto, durante os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social, o grupo composto por Nelson Semedo, Domingos Duarte, Nuno Mendes, Danilo Pereira, João Mário, João Moutinho, Rúben Neves, Otávio, Gonçalo Guedes, André Silva, Rafa e Trincão realizaram exercícios com bola, enquanto os guarda-redes Anthony Lopes e Diogo Costa trabalharam junto de uma das balizas.

Na quarta-feira, o campeão da Europa em 2016 chegou ao intervalo em desvantagem, após Egan ter adiantado os irlandeses, aos 45 minutos, contudo, na reta final do jogo, Cristiano Ronaldo, já depois de falhar um penálti, aos 15, apareceu para fazer os golos que ditaram o triunfo luso, aos 89 e 90+6.

Portugal ocupa a liderança do grupo A, com 10 pontos, mais três do que a Sérvia, que ainda não jogou, enquanto o Luxemburgo, que venceu o Azerbaijão por 2-1, é terceiro, com seis, seguindo-se irlandeses e azeris, sem qualquer ponto somado.

No sábado, os lusos vão defrontar o Qatar, num particular marcado para Debrecen, na Hungria, retomando a qualificação na terça-feira, com o Azerbaijão, em Baku, em jogo da quinta jornada.

A fase de grupos da qualificação europeia para o Mundial2022 termina em novembro e o vencedor de cada um dos 10 grupos apura-se diretamente para a fase final. Os segundos classificados vão disputar os ‘play-offs’ de apuramento, aos quais se juntarão dois vencedores de grupos da Liga das Nações que não consigam qualificar-se diretamente para a fase final ou para os ‘play-offs’.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Energia renovável abasteceu 63% do consumo de energia elétrica até agosto

Próximo Artigo

Barcelos retoma programa desportivo

Artigos Relacionados
x