Seguir o O MINHO

Futebol

Treinador do Vizela quer travar regresso às vitórias do FC Porto

I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador do Vizela, Álvaro Pacheco, pretende travar o regresso às vitórias do FC Porto, no duelo de sábado, da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, prometendo uma equipa “focada em trazer pontos do Dragão”.

O técnico dos minhotos reconhece que os ‘azuis e brancos’ vão querer corrigir o deslize da jornada passada, na derrota frente ao Sporting de Braga, a primeira no campeonato, mas lembra que o Vizela “precisa de pontos para sua luta pela manutenção”.

“Espero um FC Porto competitivo, com cultura de vitória, que vai querer vencer para estar perto dos seus objetivos. Mas nós também o queremos, e precisamos de pontuar. Vamos com o intuito de sermos competitivos e de discutir o jogo. Temos de nos focar na nossa tarefa”, disse Álvaro Pacheco, na antevisão à partida.

O treinador dos vizelenses não acredita num adversário fragilizado pela derrota em Braga, esperando “um FC Porto forte, com grande alma, à imagem do seu treinador, agressivo com e sem bola, muito pressionante e forte nos duelos”.

“Teremos de estar muito concentrados durante todo o jogo, mas principalmente no início. As equipas grandes, quando vêm de resultados menos positivos, querem entrar fortes na partida e resolver as coisas cedo. Sabemos que vai ser importante o Vizela manter-se focado, tentar controlar o jogo, sendo compacto e sereno”, analisou o técnico.

Com a equipa a vir de uma importante vitória na última jornada, frente ao Arouca, Álvaro Pacheco reconheceu que esta semana de trabalho “foi fantástica”, falando numa motivação extra para o que resta do campeonato.

“Trabalhar sobre vitórias dá um alento enorme, mas já disse aos jogadores que os nossos 32 pontos não chegam, ainda, para a manutenção. Temos de continuar focados na nossa missão e colocar algumas coisas positivas que conseguimos na jornada anterior para os próximos desafios”, vincou.

O treinador do Vizela afastou cenários de gestão do plantel neste jogo com o FC Porto, prometendo apresentar “equipa mais forte para conquistar pontos”, e não vê a prestação do Sporting de Braga no duelo com os ‘dragões’ como um exemplo que possa seguir.

“São jogos diferentes. Quer o Braga, quer o FC Porto, fizeram uma grande partida, mas não podemos pensar que se fizermos as mesmas coisas que o Braga vamos ter sucesso. Temos de nos focar em nós e tentar anular os pontos fortes do adversário, sendo audazes e criteriosos com bola”, analisou Álvaro Pacheco.

O treinador dos minhotos não pode para esta partida contar com o castigado Cassiano, nem com o lesionado Marcos Paulo, sendo que Bruno Wilson e Kiki Afonso, a recuperarem de lesão, continuam em dúvida.

O Vizela, 13.º classificado com 32 pontos, desloca-se este sábado ao reduto do líder FC Porto, que soma 82, numa partida agendada para as 19:00, que terá arbitragem de Manuel Mota, da associação de Braga.

Populares