Seguir o O MINHO

Futebol

Treinador do Tondela diz que jogo com Moreirense “é importante, mas não é decisivo”

I Liga

em

Foto: CD Tondela

O treinador do Tondela, Nuno Campos, disse hoje que a visita ao Moreirense, em jogo da 30.ª jornada da I Liga de futebol, não é decisiva, mas é importante, tendo em conta a pontuação para a manutenção.

“Este jogo é importante, não é decisivo, porque as equipas estão muito próximas umas das outras, não só nós do Moreirense, como nós do Arouca, portanto é um jogo importante, que queremos ganhar, mas não é decisivo”, reagiu Nuno Campos.

Na conferência de imprensa de antevisão à deslocação ao estádio do Moreirense, no sábado, pelas 15:30, o treinador ‘auriverde’ lembrou que faltam cinco jornadas para o final do campeonato e o Tondela “vai entrar em campo para ganhar”.

“Não podemos ser uma equipa que se remete a defender, porque para além de não gostar de ver isso nas equipas que treino, também é a questão de querermos ganhar o jogo, temos de mostrar que queremos ganhar e não vamos querer jogar só para o empate, isso não nos serve”, admitiu.

Depois de uma semana de trabalho que, no entender de Nuno Campos, “correu muito bem”, após a derrota em casa frente ao Sporting, o técnico principal disse que os jogadores “têm uma grande vontade de sair desta situação difícil e têm uma grande vontade de trabalhar”.

Nesse sentido, evidenciou que “o treino não é só o que se faz com a bola, o treino também é o que se faz mentalmente e isso tem uma grande importância, sobretudo nestes momentos” em que o Tondela luta pela manutenção na I Liga e joga frente a um adversário direto.

“Na situação em que a equipa se encontra, a parte mental é realmente muito importante e tem sido um ponto que tenho batido, porque é importante no jogo não nos deixarmos desconcentrar, porque temos de pensar o que temos de fazer em cada momento”, contou.

E para isso, continuou, os jogadores têm de “estar concentrados para qualquer momento do Moreirense, porque vai ser uma equipa que não desiste”, defendendo que o Tondela tem de “fazer o jogo” quando tiver posse de bola.

“Temos de atacar de forma profunda, temos de ser incisivos e procurar o golo e, quando não tivermos a bola, temos de defender bem”, assumiu, já que o adversário “é uma equipa difícil de defrontar, ainda para mais numa situação como esta, [em que as duas equipas estão] tão próximas uma da outra”.

Nuno Campos disse que a sua formação tem de “fazer o máximo de forma a conquistar os três pontos” frente a uma equipa que “vai ser, certamente, à imagem do seu treinador, aguerrida e com caráter”.

“Conheço bem o Sá [Pinto] e é uma equipa bem dentro da imagem do seu treinador”, considerou.

O Tondela, que soma 25 pontos e ocupa a 16.ª posição, lugar do ‘play-off’ para a manutenção na I Liga, enfrenta no sábado, pelas 15:30, o Moreirense, que contabiliza 23 e ocupa o 17.º lugar, o primeiro da despromoção.

O jogo, que se realiza no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, casa do Moreirense, é a contar para a 30.ª jornada da I Liga, e é arbitrado por Artur Soares Dias, da Associação de Futebol do Porto.

Populares