Seguir o O MINHO

Futebol

Treinador do Moreirense quer equipa “trabalhadora à imagem da vila que representa”

4.ª jornada da I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador do Moreirense disse esta quinta-feira que quer uma equipa “trabalhadora à imagem da vila que representa”, prometendo “luta” na receção ao Portimonense, na sexta-feira, em jogo da quarta jornada da I Liga portuguesa de futebol.

“Temos de ganhar pontos. Vamos defrontar uma equipa fortíssima. O Portimonense tem jogadores de grande valor. Mas jogamos em casa e queremos fazer do nosso estádio uma fortaleza. Temos uma equipa que tem de ser representante da vila no campo. Temos de ser uma equipa com qualidade de muito trabalho e com ambição para conseguir o sucesso como é característica desta vila”, disse Vítor Campelos.

O treinador do Moreirense, equipa da vila de Moreira de Cónegos, no concelho de Guimarães, frisou hoje, em conferência de imprensa de antevisão que o objetivo do clube é “ser uma extensão das gentes da terra”, bem como “dar continuidade à afirmação” dos minhotos na I Liga.

O Moreirense conquistou até aqui quatro pontos, fruto de uma vitória (3-0 em casa com o Gil Vicente) e um empate (0-0 na deslocação a Setúbal), só tendo perdido na jornada inaugural no terreno do Sporting de Braga por 3-1.

Vítor Campelos garantiu que sente o conjunto “confiante”, lembrando, no entanto, que “construir ou reconstruir uma equipa demora o seu tempo”.

“Estamos confiante e, respeitando o adversário, vamos fazer tudo para ganhar o jogo e conquistar pontos. Fico contente com apoio dos nossos adeptos. Faremos tudo para corresponder às expectativas que eles têm em relação à equipa”, resumiu.

Questionado, por fim, sobre se aguarda mais jogadores neste ‘mercado’ de verão, o técnico dos ‘cónegos’ admitiu que tem conversas sobre esta matéria com o presidente Vítor Magalhães, assegurando estar “satisfeito” com os jogadores atuais, disse que esse dossiê “está nas mãos da direção”.

“Como o presidente diz, o plantel do Moreirense está sempre em aberto. Até ao fecho do ‘mercado’ pode acontecer alguma coisa, mas estou muito satisfeito com o que temos e a direção está a tratar dessas questões”, concluiu.

Moreirense, sétimo classificado com quatro pontos, e Portimonense, nono com os mesmos pontos, jogam na sexta-feira, às 19:00, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Anúncio

Futebol

Suspensa negociação das ações da Sporting SAD

Saída de Bruno Fernandes será razão da suspensão das negociações

em

Foto: ligaportugal.pt

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) suspendeu, esta quarta-feira, a negociação das ações do Sporting Clube de Portugal – Futebol SAD “aguardando a divulgação de informação relevante”.

Numa nota divulgada, esta quarta-feira, é referido que o Conselho de Administração da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) “deliberou a suspensão da negociação das ações do Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD, aguardando a divulgação de informação relevante”.

A suspensão das ações da SAD do Sporting ocorre no dia em que a comunicação social avança que o jogador leonino Bruno Fernandes vai assinar pelo Manchester United e que o clube inglês vai pagar 55 milhões de euros no imediato ao Sporting.

Continuar a ler

Futebol

SC Braga quer aproximar-se do quarto lugar na visita ao Moreirense

18.ª jornada da I Liga

em

Foto: Divulgação / Arquivo

SC Braga, recente vencedor da Taça da Liga, pode aproximar-se do quarto lugar da I Liga portuguesa de futebol, caso vença hoje no terreno do Moreirense, no último jogo da 18.ª jornada.

Os bracarenses, sextos classificados com 27 pontos, venceram todos os cinco jogos sob o comando de Rúben Amorim, incluindo um ao Sporting (2-1) e dois ao FC Porto (2-1 e 1-0), somando três vitórias consecutivas no campeonato.

Em caso de vitória, o SC Braga sobe ao quinto lugar, ultrapassando o Rio Ave, que soma 28 pontos, e fica a um ponto do Famalicão e a dois do Sporting, que vai receber na próxima jornada.

O Moreirense não vence há três jornadas e ocupa a 14.ª posição, com 18 pontos, podendo ultrapassar Tondela, Marítimo e Santa Clara e subir ao 11.º lugar, caso vença os rivais minhotos no embate marcado para as 20:15, em Moreira de Cónegos.

Programa da 18.ª jornada

– Domingo, 26 janeiro:

Belenenses SAD – Portimonense, 2-1

Tondela – Vitória de Setúbal, 0-3

Famalicão – Santa Clara, 0-1

Paços de Ferreira – Benfica, 0-2

Desportivo das Aves – Boavista, 0-1

Segunda-feira, 27 janeiro:

Vitória SC – Rio Ave, 1-2

Sporting – Marítimo, 1-0

– Terça-feira, 28 janeiro:

FC Porto – Gil Vicente, 2-1

CfQuarta-feira, 29 janeiro:

Moreirense – SC Braga, 20:15

Continuar a ler

Futebol

Ricardo Soares promete Moreirense com “ambição” de vencer Braga “muito difícil”

I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador do Moreirense, Ricardo Soares, afirmou esta terça-feira que a sua equipa deseja vencer o SC Braga na quarta-feira, no encerramento da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, apesar de considerar o adversário “muito difícil”.

Ainda sem triunfos desde que assumiu o comando da turma de Moreira de Cónegos, após a 14.ª jornada, o treinador admitiu que será difícil conquistar a primeira vitória na receção à turma bracarense, 100% vitoriosa com Rúben Amorim no cargo de treinador (cinco triunfos e uma Taça da Liga), mas defendeu que o plantel por si liderado tem as suas “armas” para discutir o jogo.

“Sabemos o que nos espera, mas estou convencido numa grande resposta contra uma grande equipa. Temos ambição e motivação. Tudo faremos para vencer o jogo”, disse, na antevisão à partida agendada para as 20:15, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas.

O treinador lembrou que a formação vimaranense, 14.ª classificada, somou, até agora, 14 dos 18 pontos que tem a jogar em casa, tendo considerado que um possível empate frente à turma ‘arsenalista’, sexta, com 27, só poderá ser um “bom resultado” atendendo às circunstâncias do jogo.

Ricardo Soares admitiu, porém, que os bracarenses têm “poucos pontos fracos” para explorar, por terem “muita qualidade na posse de bola”, “dinâmicas bem interpretadas pelos jogadores”, e “eficácia” nas bolas paradas, com elementos que se destacam no jogo aéreo.

“O SC Braga privilegia a posse de bola, mas é também muito forte na recuperação de bola no último terço [ofensivo]. Quando baixa, é também forte nas transições”, salientou.

As dificuldades que esperam os seus jogadores podem ser ainda maiores, por causa da “confiança tremenda” que os pupilos de Rúben Amorim sentem neste momento, acrescentou Ricardo Soares.

O Moreirense vai disputar a partida de encerramento de uma jornada em que adversários diretos na tabela como o Santa Clara (12.º classificado, com 20 pontos) e o Belenenses SAD (15.º, com 18) venceram, mas o treinador recusou que a pressão para o duelo com o Braga seja maior por causa disso, até porque a equipa está dentro do “objetivo da manutenção”.

Questionado ainda sobre eventuais reforços durante a última semana do mercado de transferências de ‘inverno’, Ricardo Soares disse estar “em sintonia” com o presidente do clube, Vítor Magalhães, até porque há consciência das “necessidades do plantel” por resolver.

O Moreirense, 14.º classificado, com 18 pontos, recebe o SC Braga, sexto, com 27, em partida da 18.ª jornada da I Liga, agendada para as 20:15 de quarta-feira, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Continuar a ler

Populares