Seguir o O MINHO

Futebol

Treinador do Moreirense alerta: “Mais-valia desta época do Vitória é o público”

Dérbi este sábado em Guimarães

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador João Henriques assegurou hoje que o Moreirense está precavido sobre o ambiente fervoroso que vai encontrar no estádio do Vitória SC, no sábado, em jogo da 11.ª ronda da I Liga de futebol.

“Sabemos que a mais-valia desta época do Vitória é o público, com todo o respeito pelos jogadores que lá estão, vários deles com muita qualidade. O público tem dado pontos, reviravoltas e reações. Na sua casa, o Vitória é, provavelmente, o clube mais forte nesse sentido. Exige muito, mas ajuda a equipa a superar vários obstáculos. Esse é um dos obstáculos que temos pela frente”, reconheceu o técnico, em conferência de imprensa.

Mesmo sem ainda terem vencido fora de casa na prova, os ‘cónegos’ “já mostraram que são difíceis de bater”, ao perderem apenas diante dos três ‘grandes’ e do SC Braga, desejando agora “estar ao seu melhor nível” para surpreender o rival concelhio.

“Infelizmente, quando lá estive, não tive a oportunidade de ter o apoio dos adeptos, que teriam ajudado em muitas situações. É reconhecido por toda a gente que, quem vai jogar a Guimarães contra o Vitória, sabe perfeitamente que terá esse fator extra. Estaremos todos preparados para isso e no máximo das nossas capacidades, porque o ambiente propicia isso, mesmo sendo contra o Moreirense, e é o aliciante do futebol”, reiterou.

João Henriques vai reencontrar os vitorianos, que orientou em 2020/21, e admite retirar “dados importantes” desse tempo de convivência com a maioria do plantel atualmente comandado por Pepa, dado o “conhecimento profundo” das suas “dinâmicas coletivas”.

“A equipa apresenta jogadores de qualidade, está coletivamente mais forte de jogo para jogo e tem o melhor público do país a apoiá-la. É um jogo difícil, mas iremos tentar ser competentes e competitivos. Não vamos é com um sabor especial porque é o Vitória ou porque eu estive lá antes. Quando o jogo começa, ninguém se lembra disso”, observou.

Em Guimarães, onde o Moreirense perdeu oito vezes, empatou três e nunca venceu para o campeonato, Steven Vitória já pode regressar à competição, depois de ter cumprido suspensão, enquanto Filipe Soares continua incluído no boletim clínico, devido a uma pubalgia, a par do holandês Godfried Frimpong e dos brasileiros Pablo Santos e Galego.

“Nesta altura, em primeira instância, queríamos ser mais pragmáticos relativamente ao objetivo de somar pontos. Depois, se pudermos aliar o regresso às boas exibições e à qualidade de jogo, até porque é dessa forma que estamos mais perto de vencer, melhor. Há que ser um pouco de tudo, isto para sermos mais fortes na casa do Vitória”, apelou.

Os dois rivais vimaranenses voltam a medir forças em 21 de novembro, desta vez em Moreira de Cónegos, para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, na sequência da terceira paragem desta edição da I Liga para os compromissos das seleções nacionais, cenário que João Henriques diz “não ser bom para quem joga entre fins de semana”.

O Moreirense, 15.º colocado, com oito pontos, visita o Vitória SC, sétimo, com 13, no sábado, às 20:30, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, em partida da 11.ª jornada da I Liga, com arbitragem de Vítor Ferreira, da associação de Braga.

Populares