Seguir o O MINHO

Futebol

Treinador adjunto recusa Moreirense “menos forte” pela ausência de Ricardo Soares

I Liga

em

Ricardo Soares está infetado com covid-19. Foto: DR / Arquivo

O técnico adjunto do Moreirense garantiu hoje uma equipa estável no jogo com o Rio Ave, da sexta jornada da I Liga de futebol, apesar da ausência do treinador Ricardo Soares, infetado pelo novo coronavírus.


“Com a tecnologia que temos hoje à nossa disposição, o treinador irá estar em contacto permanente connosco e dar o seu contributo. Os jogadores conhecem a nossa forma de trabalhar e não vai ser pelo treinador não estar no banco que o Moreirense vai estar menos forte”, assumiu o adjunto Leandro Mendes, em conferência de imprensa.

O treinador Ricardo Soares teve hoje um teste positivo para o novo coronavírus, responsável pela covid-19, tal como o guarda-redes Miguel Oliveira, juntando-se ao lote de infetados no clube minhoto, que já englobava o defesa Matheus Silva.

“Temos de ser capazes de nos adaptarmos ao que vai acontecendo, até porque, nesta altura de pandemia, podemos ficar sem alguém de um momento para o outro. Aconteceu isso com o nosso técnico, mas temos um grupo grande e de qualidade. Dentro do possível, a equipa está mais do que preparada para dar uma boa resposta”, apontou.

Notando jogadores “motivados e a trabalhar muito bem”, Leandro Mendes explicou que a “parte principal da estratégia” foi delineada “nos treinos anteriores”, quando “o treinador estava presente”, pelo que “nada influenciou” a preparação do jogo em Vila do Conde.

“Estivemos a analisar esta manhã o adversário e foi bem elucidativo para os nossos jogadores aquilo em que o Rio Ave nos pode fazer mossa. Por outro lado, encontrámos caminhos que poderemos explorar. As debilidades do adversário poderão ser benéficas na nossa forma de jogar e na estratégia preparada para o encontro”, reconheceu.

O Moreirense procura o primeiro triunfo na condição de visitante, após uma derrota frente ao Benfica (2-0) e um empate com o Belenenses SAD (0-0), e vê o Rio Ave, habituado a lutar pelas vagas de acesso às provas europeias, a assumir o controlo do desafio.

“Não sendo um ‘grande’, é uma equipa com algum histórico e sustentabilidade na I Liga. É normal que tenha de assumir o jogo, mas, do outro lado, está uma equipa que também joga bem e tem qualidade. É isso que vamos tentar pôr em prática”, observou Leandro Mendes, um dos adjuntos dos ‘cónegos’, a par de Raul Faria.

Invictos há três duelos, os minhotos estão a protagonizar o segundo melhor arranque pontual em 11 presenças na elite do futebol português, tendo apenas menos um ponto do que os nove somados em 2003/2004, sob orientação de Manuel Machado, à passagem da quinta jornada.

“Essa questão não passa ao lado, nem deve passar. Temos de ficar orgulhosos pelo excelente campeonato que estamos a fazer, mas não podemos relaxar”, alertou o treinador adjunto, que ainda terá de colmatar as ausências dos lesionados Kewin, Abdu Conté, Anthony D’Alberto, Pedro Amador, Sori Mané, André Luís e Derik Lacerda.

O Moreirense, quinto colocado, com oito pontos, visita o Rio Ave, oitavo, com seis, no sábado, às 18:00, no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde, em jogo da sexta jornada da I Liga, com arbitragem de Iancu Vasilica, da associação de Vila Real.

Anúncio

Futebol

Paulinho e Trincão jogaram minutos finais na derrota de Portugal

Liga das Nações

em

Foto: Getty Images

A seleção portuguesa de futebol ficou hoje fora das meias-finais da Liga das Nações, ao perder por 1-0 com a França, em encontro da quinta jornada do Grupo 3 da Liga A, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Um golo de N’Golo Kanté, aos 53 minutos, selou o triunfo dos gauleses, que passaram a somar 13 pontos, contra 10 de Portugal, com vantagem no confronto direto, face ao 0-0 em Saint-Denis, pelo que garantiram um lugar na final ‘four’.

Trincão, atleta de Viana do Castelo, entrou aos 70 minutos, enquanto que Paulinho, de Barcelos, substituiu João Félix aos 86.

Na última ronda, marcada para terça-feira, em dois embates para ‘cumprir’ calendário, Portugal desloca-se à Croácia, enquanto a França recebe a Suécia, que hoje bateu em casa os croatas por 2-1.

Continuar a ler

Futebol

Mbappé falha encontro decisivo com Portugal na Liga das Nações

Liga das Nações

em

Foto: DR

O avançado francês Kylian Mbappé vai falhar o encontro de hoje com Portugal, no Estádio da Luz, que pode ser determinante para determinar o vencedor do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações em futebol.

O jogador do Paris Saint-Germain, que estava em dúvida devido a problemas físicos, não está na lista dos 23 franceses eleitos por Didier Deschamps, divulgada pela UEFA, para o encontro da capital portuguesa, que tem início às 19:45.

Mbappé já tinha falhado o particular de quarta-feira com a Finlândia, no Stade de France, em Saint Denis, onde os gauleses perderam por 2-0.

Apesar da ausência da sua maior ‘estrela’, Deschamps tem ainda muitas opções ofensivas, nomeadamente Griezmann, Giroud, Martial, Marcus Thuram ou Coman.

No que respeita à formação das ‘quinas’, Fernando Santos prescindiu do central Domingos Duarte e do médio Renato Sanches, que tinham sido titulares no particular de quarta-feira com Andorra, que Portugal goleou por 7-0.

Em relação aos 23 eleitos para esse encontro, entram o defesa esquerdo Raphaël Guerreiro e o médio Rúben Neves.

O encontro entre Portugal e a França, da quinta jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, realiza-se hoje, a partir das 19:45, no Estádio da Luz, em Lisboa, com arbitragem do alemão Tobias Stieler.

O vencedor do encontro garante um lugar nas meias-finais, enquanto a igualdade adia a decisão para a sexta e última ronda, na terça-feira, com Portugal a jogar na Croácia e a França a receber a Suécia.

Continuar a ler

Futebol

Renato Sanches dispensado da seleção portuguesa devido a lesão muscular

Liga das Nações

em

Foto: Dr (Arquivo)

O médio Renato Sanches foi hoje dispensado da seleção portuguesa de futebol, falhando os encontros com França e Croácia, devido a “lesão muscular”, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) no seu sítio oficial.

“Renato Sanches foi, após realização de exames e avaliação clínica, dado como indisponível pela Unidade de Saúde e Performance da FPF para os encontros com a França e Croácia. O jogador foi assim dispensado”, anunciou a FPF.

O jogador do Lille falha, assim, os embates com a França, marcado para as 19:45 de hoje, no Estádio da Luz, e de terça-feira com a Croácia, em Split, das últimas jornadas do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações.

Em relação ao particular de quarta-feira com Andorra, que Portugal goleou por 7-0, também na Luz, sai também da lista dos 23 eleitos o central Domingos Duarte, entrando o defesa esquerdo Raphaël Guerreiro e o médio Rúben Neves.

Na equipa francesa, a grande baixa é o avançado Kylian Mbappé, que estava em dúvida devido a problemas físicos e não entrou na lista dos 23 franceses eleitos por Didier Deschamps, divulgada pela UEFA.

Mbappé já tinha falhado o particular de quarta-feira com a Finlândia, no Stade de France, em Saint Denis, onde os gauleses perderam por 2-0.

O encontro entre Portugal e a França, da quinta jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, realiza-se hoje, a partir das 19:45, no Estádio da Luz, em Lisboa, com arbitragem do alemão Tobias Stieler.

O vencedor do encontro garante um lugar nas meias-finais, enquanto a igualdade adia a decisão para a sexta e última ronda, na terça-feira, com Portugal a jogar na Croácia e a França a receber a Suécia.

Continuar a ler

Populares