Seguir o O MINHO

Braga

Transdev visada na operação que levou a PJ a fazer buscas em Braga e Barcelos

Operação Rota Final

em

Foto: DR

A operadora de transportes públicos Transdev é uma das visadas nas buscas realizadas hoje pela Polícia Judiciária (PJ), que se estenderam a 18 câmaras do Norte e Centro, no âmbito da operação “Rota Final”, disse uma fonte policial.

“Para já, não há nenhum detido”, acrescentou, em declarações à agência Lusa.

Ainda de acordo com a fonte, cerca das 11:00 a operação ainda decorria, com buscas, recolha de documentação “e outros elementos de prova”.

A operação “Rota Final” relaciona-se com um alegado esquema fraudulento de viciação de procedimentos de contratação pública.

As buscas mobilizaram meios da Diretoria do Norte da PJ, com o apoio de vários departamentos de investigação criminal e da Diretoria do Centro, no âmbito de um inquérito titulado pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra.

Ao todo, foram 50 as buscas realizadas, envolvendo 200 elementos da Polícia Judiciária – inspetores, peritos informáticos, peritos financeiros e contabilísticos.

As 18 câmaras municipais alvo de buscas forma as de Águeda, Almeida, Armamar, Belmonte, Barcelos, Braga, Cinfães, Fundão, Guarda, Lamego, Moimenta da Beira, Oleiros, Oliveira de Azeméis, Oliveira do Bairro, Sertã, Soure, Pinhel e Tarouca.

“Mediante atuação concertada de quadros dirigentes de empresa de transporte público, de grande implementação em território nacional com intervenção de ex-autarcas a título de consultores, beneficiando dos conhecimentos destes, terão sido influenciadas decisões a nível autárquico com favorecimento na celebração de contratos públicos de prestação de serviços de transporte, excluindo-se das regras de concorrência, atribuição de compensação financeira indevida e prejuízo para o erário público”, afirma a PJ, em comunicado a propósito deste caso.

Também no recrutamento de funcionários se terão verificado situações de favorecimento, ainda segundo a PJ.

A investigação prossegue “para determinação de todas as condutas criminosas, seu alcance e respetivos agentes”, esclarece a polícia.

Anúncio

Braga

Moradores de prédio em Braga desesperam sem eletricidade desde a uma da manhã

Problema só deverá ser resolvido amanhã

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Um prédio na Rua Nova da Estação, em Maximinos, Braga, está desde a uma da manhã desta segunda-feira sem eletricidade e assim deverá continuar pelo menos até amanhã. Os moradores desesperam com o frio, a comida a descongelar nas arcas e a impossibilidade de cozinhar ou tomar banho quente.

No número 75 da Rua Nova da Estação simplesmente não há luz. É o único prédio das redondezas nessas circunstâncias. E quem lá vive está perto de um ataque de nervos.

Foto Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

“O piquete da EDP já veio cá três vezes. A empresa do condomínio chamou uma empresa para tentar resolver mas até agora nada”, relata um morador, dando conta de que a última visita do piquete foi entre as 17:00 e as 18:00, mas o problema não ficou resolvido.

“O condomínio mandou e-mail a dizer que amanhã vão tentar resolver”, refere a O MINHO o morador.

Sem possibilidade de ligar aquecimento, o frio “é o principal problema”, mas há outros, como a comida a descongelar na arca e as pessoas que não têm como cozinhar ou tomar banho, uma vez que também para estas atividades é necessária energia elétrica.

Continuar a ler

Braga

Concelho de Braga com 440 novos casos em três dias. Há 1.827 ativos

Dados locais

Foto: O MINHO (Arquivo)

O concelho de Braga regista 440 novos casos de covid-19 nos últimos três dias.

Casos ativos são atualmente 1.827, menos 50 do que os registados na sexta-feira.

Estes números foram apurados por O MINHO junto de fonte local da saúde e atualizados às 18:00 desta segunda-feira.

Desde o início da pandemia foram registados 13.353 casos no concelho.

O número de óbitos subiu para os 168, mais três desde sexta-feira.

Há ainda um total de 11.358 recuperados, mais 507 nos últimos três dias.

Há 1.676 pessoas em vigilância ativa.

Continuar a ler

Braga

Carro completamente destruído pelas chamas em Braga

Ocupantes saíram da viatura a tempo

Foto: DR

Os Bombeiros Sapadores de Braga apagaram esta tarde, pelas 18:15, um incêndio que deflagrou numa viatura junto ao apeadeiro de Ferreiros, em Braga. O carro ficou totalmente destruído. Suspeita-se de que terá havido um curto-circuito na bateria.

No veículo, ia um casal de cidadãos brasileiros, com um filho, os quais tiveram tempo para o abandonar, não tendo sofrido quaisquer ferimentos.

No local, uma equipa de seis operacionais usou um “espumífero de média expansão” para extinguir o fogo, o que foi conseguido em poucos minutos.

Continuar a ler

Populares