Seguir o O MINHO

Ave

Traficava droga a partir de casa senhorial em Vizela

Tráfico de droga

em

Foto: Divulgação / GNR

A GNR de Vizela deteve em flagrante delito um homem de 52 anos por tráfico de estupefacientes, naquela cidade informou hoje a autoridade.


A detenção ocorreu na sequência de uma denúncia a dar conta que um homem estaria numa rua a tentar vender droga.

“Os militares da Guarda deslocaram-se ao local, onde abordaram o suspeito. Foi efetuada uma revista que culminou na apreensão de 30 doses de heroína e sete doses de cocaína”, refere-se, em comunicado.

Assinala-se, ainda, que diligências policiais posteriores determinaram uma busca domiciliária, na qual se procedeu à apreensão de 223 doses de heroína, 53 doses de cocaína, 3.430 euros em numerário e material de acondicionamento do produto estupefaciente.

Segundo o Jornal de Notícias, o suspeito terá arrendado uma casa senhorial, em Santa Eulália, de onde traficava a droga.

Anúncio

Ave

Nove infetados em lar para jovens com deficiência em Vizela

Covid-19

em

Foto: DR

A Câmara de Vizela revelou hoje a existência de nove casos positivos do novo coronavírus na Associação para a Integração e Reabilitação Social de Crianças e Jovens Deficientes de Vizela (AIREV).

Em comunicado, a autarquia do distrito de Braga acrescentou que a situação está “a ser monitorizada pela Delegada de Saúde” a que a autarquia “encontra-se também a acompanhar a situação”.

“Entretanto, foram já desenvolvidos todos os procedimentos para acautelar a saúde e segurança de todos os utentes daquele lar, tendo sido criados dois espaços distintos para a separação dos utentes, minimizando a propagação do vírus e assegurando as boas condições de funcionamento daquela instituição”, refere ainda a nota de imprensa.

O concelho de Vizela, “atendendo à escalada do número de infetados por aquela doença” é “um dos concelhos mais afetados do país”, relembra a comunicação do município.

“A Câmara Municipal, para além das determinações emanadas pelo Governo, tem vindo a adotar novas medidas e reforçado grande parte das medidas adotadas no âmbito do Programa de Apoio Municipal – VIZELA COVID-19”.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.263.890 mortos em mais de 50,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.021 pessoas dos 187.237 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Continuar a ler

Guimarães

Hospital de Guimarães aumenta capacidade em UCI para responder a doentes covid

Covid-19

em

Foto: DR

O Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães, tem, neste momento, dez doentes com covid-19 internados em cuidados intensivos. Com a capacidade instalada, a esta altura, restam duas camas vagas em cuidados intensivos, para doentes covid.

A Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente, para doentes covid do Hospital de Guimarães tinha uma capacidade máxima de seis camas. Esta lotação foi alargada até às doze camas com a recente adaptação de duas salas do bloco operatório para este efeito. Com mais três camas em cada uma destas salas, o hospital ficou com capacidade para receber doze doentes infetados com covid-19 a necessitarem de cuidados intensivos.

Estas capacidade alargada, porém, já está quase esgotada, só restando duas camas livres. O Hospital pondera agora adaptar, nos próximos dias, outra sala de operações para receber mais três doentes covid-19 em cuidados intensivos. Nessa altura o hospital ficará com uma capacidade total de 15 doentes covid em cuidados intensivos. Esta utilização das salas do bloco operatório só foi tornada possível devido à possibilidade, aberta pelo Governo, de os hospitais interromperem todas as atividades não urgentes, nomeadamente as cirurgias programadas.

A Unidade de Cuidados Intensivos, não covid, continua nesta altura a funcionar, com doentes com outros quadros clínicos que acorrem ao hospital diariamente. Esta unidade tem seis camas, das quais duas estão ocupadas. O hospital não prevê, nesta fase, aumentar a capacidade nesta unidade.

O Hospital de Guimarães viu-se obrigado a transferir alguns doentes, entre o final de setembro o inicio de outubro, mas com a lotação atual e com alguma disponibilidade para aumentar a capacidade, essa opção não está ser tomada.

Continuar a ler

Ave

35 infetados num lar de Joane, em Famalicão

Covid-19

em

Foto: DR

O lar Casa de Giestais, em Joane, Famalicão, tem 35 infetados com o novo coronavírus por entre utentes e funcionários da instituição, foi hoje anunciado.

Em declarações à rádio Cidade Hoje, o diretor-geral da Associação Teatro Construção, que gere aquela ERPI, admite que há 22 utentes e 13 funcionários contagiados com covid-19.

O MINHO tentou chegar à falar com Francisco Melo mas tal não foi possível até à edição desta notícia.

Em declarações ao órgão de comunicação de Famalicão, o responsável explica que os primeiros resultados conheceram-se na quinta-feira, depois de alguns utentes apresentarem sintomas compatíveis com a doença.

Foram testados todos os utentes e funcionários descobrindo-se um total de 35 casos positivos.

Os doentes encontram-se “bem”, refere o diretor-geral.

O caso está a ser acompanhado pela autoridade de saúde local.

Continuar a ler

Populares