Seguir o O MINHO

Braga

Trabalhador morre subitamente numa obra na Póvoa de Lanhoso

Em Galegos

em

Foto: O MINHO / Arquivo

Um trabalhador morreu, esta sexta-feira à tarde, numa obra na Póvoa de Lanhoso, depois de se ter sentido mal, apurou O MINHO junto de fonte envolvida no socorro.

A vítima estaria a trabalhar na pavimentação de um loteamento, na freguesia de Galegos, quando, por circunstâncias ainda por apurar, terá sentido um incómodo, levando a que se sentasse para beber água. De acordo com relatos dos colegas, terá subitamente caído para o lado, perdendo a consciência.

Os Bombeiros da Póvoa de Lanhoso deslocaram uma equipa para o local, encontrando o homem, cuja idade ainda não foi possível apurar, em estado de paragem cardiorrespiratória, procedendo a tentativas de reanimação através do suporte básico de vida.

Foi, então, solicitado ao INEM, através do Centro de Orientação de Doentes Urgentes, o reforço da equipa médica da VMER de Braga, para além de outra equipa dos bombeiros locais.

Apesar de reforçadas as manobras de reanimação, através de suporte avançado de vida, os esforços não foram fortuitos, com o óbito a ser declarado pelo médico no local.

O corpo da vítima foi recolhido pelos Bombeiros da Póvoa de Lanhoso e será transportado para o Gabinete Médico-Legal do Hospital de Braga, onde deverá ser sujeito a autópsia para determinar as causas do óbito.

O alerta foi dado por volta das 15:00 horas.

A GNR da Póvoa de Lanhoso registou a ocorrência.

Populares