Seguir o O MINHO

Braga

Trabalhador de Braga morre numa fábrica na Póvoa de Lanhoso

Óbito

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um homem de 62 anos morreu, esta manhã de sexta-feira, quando trabalhava numa empresa de madeiras, na Póvoa de Lanhoso, depois de ter entrado em paragem cardiorrespiratória.

Ao que O MINHO apurou, a vítima efetuava trabalhos na empresa Strong, dedicada a fabricar pavimentos em madeira, na freguesia de Taíde.

Para o local foram mobilizados os Bombeiros da Póvoa de Lanhoso que, com recurso a desfribilhador (DAE), iniciaram primeiras manobras de suporte de vida, até chegada da viatura médica do INEM sediada em Braga.

Foram, então, iniciadas manobras de suporte avançado, prosseguidas durante o transporte da vítima para o Hospital de Braga, mas não obtiveram sucesso.

No total estiveram duas viaturas dos Bombeiros da Póvoa de Lanhoso, com quatro operacionais,

A GNR da Póvoa de Lanhoso registou a ocorrência.

Populares